Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Principal avenida da IV Etapa de Rio Doce sofre mudanças na circulação de veículos

Alterações começam já neste sábado (03.03)

O trânsito na Av. Tiradentes, IV Etapa de Rio Doce, em Olinda, vai mudar a partir deste sábado (03.03). A novidade é que as vias que margeam o canal e funcionavam em mão dupla em ambos os lados, agora passam a ter mão única. Com a mudança, o motorista que deseja partir da Av. Nápoles sentindo Terminal Integrado de Rio Doce deve usar a via da direita do canal. Para que os condutores possam trafegar no sentido contrário, a Prefeitura de Olinda requalificou cerca de 500 metros da faixa da esquerda do canal da Av. Tiradentes.
Nos dois sentidos da Av. Tiradentes, a Secretaria de Transportes e Trânsito de Olinda fez a pintura da faixa branca para permitir estacionamento no lado da direita da via, onde os ônibus param para embarque e desembarque. O estacionamento só será proibido onde estiver delimitado como parada dos coletivos e do lado esquerdo, às margens do canal. Neste primeiro fim de semana, agentes de trânsito farão o trabalho educativo com os motoristas, mas a partir da segunda-feira (05.03), aquele que trafegar na contramão será multado, como prevê o Código de Trânsito Brasileiro.
“As vias receberam nova sinalização, melhoria na iluminação, e implantamos lombadas para garantir mais segurança, já que é uma área de grande movimentação de pedestres”, explicou a diretora de mobilidade da Secretaria de Transportes e Trânsito de Olinda, Karla Leite.
As mudanças no trânsito da via atendem uma solicitação antiga da população, que desejava mais espaço no local para circulação dos veículos e pedestres. As ações na Avenida Tiradentes, em Rio Doce, contaram com participação das secretarias de Transportes e Trânsito, Serviços Públicos e Controle Urbano.
Foto: Maíra Correia/Secom Olinda

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.