Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Saiba a combinação perfeita para o vinho na Semana Santa


Durante a Semana Santa, os brasileiros tem a tradição de consumir os pratos típicos da época, que normalmente contam frutos do mar, entre eles, o bacalhau que costuma ser a estrela do cardápio. Normalmente a refeição é servida com um bom vinho. Eis que surgem varias dúvidas sobre essa bebida tão importante para esta festividade.
Um dos primeiros questionamentos que os consumidores têm em relação à bebida é sobre qual vinho mais indicado para este período. Por isso, decidimos facilitar a sua vida. É bom lembrar que o tipo do vinho utilizado nesta data vai depender do prato a ser saboreado. Pratos mais gordurosos pedem vinhos com mais acidez, um tinto leve tem seu lugar; Molhos salgados ou alimentos defumados casam melhor com vinhos jovens e frutados.
Entre o vinho tinto ou branco é importante lembrar-se de saber a combinação do vinho certo com o prato principal que você vai servir. Para carnes brancas grelhadas ou acompanhadas de molho leve, a dica é servir um vinho branco seco ou tinto jovem (aquele que têm a média de quatro anos). Mas se a carne branca for servida com molhos mais forte, é recomendado o tinto, que dever ser mais maduro (dez anos em média).
Se você optar por algum tipo de peixe, os pratos grelhados e acompanhados de molho leve devem ser seguidos de espumante brut ou branco seco frutado jovem; os servidos com molho mais acentuado devem ser acompanhados de um tinto jovem ou branco maduro. Também se deve evitar os tintos muito encorpados, pois eles não combinam com o sabor salgado do Bacalhau, por exemplo. Já para as receitas que levam molhos cremosos e condimentos, a sugestão é harmonizar com tintos leves e mais frescos.
E não esquecemos as massas, se a sua pedida for para harmonizar com elas, escolha um vinho branco maduro caso o molho seja leve ou branco. Mas, se a massa for servida com molho vermelho ou condimento, a dica é escolher um vinho tinto maduro com alta acidez.
Apesar de não ser muito frequente o consumo do vinho com chocolates é uma ótima combinação, seja ao leite, amargo, com frutas ou castanhas o doce mais famoso da Páscoa vai bem ao ser saboreado com um vinho mais encorpado, de teor de álcool mais elevado e com uma doçura igual ou superior a do chocolate.
Na hora que for servir o vinho é importante ficar atento a algumas dicas em como a bebida deve ser servida. A iguaria não pode estar nem muito fria ou quente, em ambos os casos ela perde sua verdadeira personalidade. O vinho branco é servido mais frio do que um tinto.
Além de todas as dicas de como consumir um dos principais personagens na mesa dos brasileiros na Semana Santa, o vinho também oferece inúmeros benefícios à saúde, como a ação antiplaquetária, redução de níveis de lipídios e colesterol (causadores das placas que obstruem artérias), sendo esta uma das razões da bebida ser chamada de amigo do coração.
História – A origem da tradição do vinho nas festividades da Páscoa não é exata, mas alguns estudiosos explicam que se deu através da representação da Santa Ceia, momento este que foi registrado por artistas como Leonardo Da Vinci, onde os principais alimentos servidos são o pão e o vinho.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.