Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

“Vamos fazer um MDB de Pernambuco ainda mais forte”, diz Fernando Bezerra após dissolução do diretório regional


Brasília, 20/03/18 – A Executiva Nacional do MDB reuniu-se na tarde desta terça-feira (20), em Brasília, e aprovou – por 17 votos favoráveis e seis contrários – a dissolução do diretório regional do partido em Pernambuco. Com isso, a legenda no estado será dirigida por uma comissão provisória, que vigorará por 90 dias, cujo presidente é o senador Fernando Bezerra Coelho.
“Com o posicionamento do Tribunal Superior Eleitoral (ontem), o partido pôde se reunir (hoje) e tomar a decisão política que se aguardava, que é a definição (política) que o MDB vai seguir nas próximas eleições”, explicou Fernando Bezerra. “Agradeço a confiança que recebi da Executiva Nacional para, a partir deste momento, eu poder liderar um processo de arregimentação de quadros (deputados estaduais e federais) à disputa das eleições que se avizinham e também para procurar apoios dentro da frente política Pernambuco Quer Mudar”, acrescentou o vice-líder do governo no Senado.
Nesta segunda-feira (19), o Tribunal Superior Eleitoral derrubou liminar até então concedida pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco ao Diretório Regional do MDB. O TSE entendeu que a questão da dissolução em curso cabia à Executiva Nacional do partido (o que se define juridicamente como assunto “interna corporis”) permitindo, portanto, a realização da reunião de hoje e a continuidade do processo.
ELEIÇÕES NO ESTADO – De acordo com Bezerra Coelho, a frente Pernambuco Quer Mudar – formada, atualmente, por oito partidos – se pronunciará até o próximo dia 20 de abril sobre os candidatos a governador do estado, a vice-governador e ao Senado.
“A partir de hoje, já com a liderança do MDB de Pernambuco, vamos manter contato com diferentes forças políticas do nosso estado – no Sertão, no Agreste, na Mata, na Região Metropolitana – para que a gente possa construir uma chapa representativa e competitiva, garantindo que o MDB tenha um espaço maior de representação política na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados”, afirmou o senador.
Ao se colocar como candidato a governador do estado, Fernando Bezerra destacou a união da frente Pernambuco Quer Mudar com lideranças como o senador Armando Monteiro, os ministros Fernando Filho (Minas e Energia) e Mendonça Filho (Educação) e o ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo. Dirigindo-se a militantes do partido, o senador destacou: “Estou animado para fazermos um MDB de Pernambuco ainda mais forte. Todos que quiserem continuar com a gente são muito bem-vindos e terão o nosso apoio na renovação de seus mandatos”.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.