Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista prepara implantação de gerenciamento de documentos e assinatura digital para agilizar administração pública e diminuir uso de papel


Sabe aquelas salas cheias de arquivos,  lotados de pastas com documentos que órgãos da administração pública precisam guardar por anos para prestação de contas? Pois é, este problema está com os dias contados no município do Paulista. Isso porque um método tecnológico com ferramentas de gestão para resultados está sendo implantado pela prefeitura, com a criação de documentos digitais e certificação legal.
O sistema tem como propósito economizar material de expediente, acabar com o uso de documentos impressos em papel, e principalmente, agilizar a burocracia garantindo mais rapidez no trâmite dos processos da administração municipal. A ferramenta também arquiva os documentos digitais de forma segura e organizada.
Para implantar o novo sistema na gestão municipal, a Secretaria de Administração do Paulista está contratando, através de concorrência, empresa que terá dois meses para treinar todos os gestores e cadastrar os usuários, que são ordenadores de despesas, para que, através da assinatura digital, possam atestar contratos e convênios, ou autorizar pagamentos, além de assinar outros documentos que tramitam pela administração pública do município.
O sistema que já é utilizado por diversos órgãos federais, será implantado em Paulista de forma pioneira dentro do estado. Para o secretário de Administração Alessandro Corrêa, está medida será um grande marco administrativo da gestão Junior Matuto. “Através deste sistema,  será possível, com a máxima segurança e com validade legal, tornar a administração mais ágil e eficiente. Se um documento precisar de diversas assinaturas, não será necessário percorrer várias secretarias. No mesmo dia, todos poderão colocar a assinatura digital e o processo será concluído com mais rapidez. Ele busca diminuir os esforços para que o funcionário foque no que realmente importa. Outra questão que exalta a prática é o quão sustentável pode ser para o planeta. Armazenar os documentos na nuvem, diminui o uso de papel e tinta. Aliada a sustentabilidade, a economia com impressão de documentos será significativa. O uso dos dois não será tão necessário como antes.” informou Alessandro.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.