Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em Petrolina, Fernando Bezerra Coelho participa do lançamento de projeto que permite uso de água salobra nas plantações


O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) passou o feriado do 1º de Maio em Petrolina, no Sertão do Estado, onde manteve encontros políticos e acompanhou a agenda administrativa do prefeito Miguel Coelho. O senador prestigiou o lançamento do programa "Terreiros Produtivos", uma experiência inovadora e pioneira da prefeitura, que permite a utilização de água salobra para a agricultura.


A primeira unidade do projeto foi implantada na fazenda Carretão, na comunidade de Vila Atalho, utilizando uma área de 0,9 hectare e beneficiando cerca de 500 pessoas.  A iniciativa vai estimular a utilização da água proveniente de poços tubulares na irrigação de espécies forrageiras, usadas na alimentação de animais, garantindo mais produtividade aos trabalhadores do campo. Serão cultivadas plantas como palma, sorgo forrageiro e sorgo umbu. Outras cinco unidades do “Terreiros Produtivos” serão implantadas pelo poder público municipal.


“Esta é sem dúvida uma bela proposta, que usa tecnologia a serviço das trabalhadoras e trabalhadores do campo. A água que até bem pouco tempo era descartada, agora ajuda na plantação de espécies que alimentam os rebanhos, gerando mais produtividade, riqueza e empregos para nossa gente”, destacou Fernando Bezerra.

Protesto- O senador conversou com um grupo de assentados da comunidade de Uruás, na zona rural, que havia organizado um protesto para cobrar do poder público o fornecimento regular de água. O abastecimento foi cortado durante a semana, atendendo medida judicial de reintegração de posse. A Justiça entendeu que a medida era necessária porque se tratava de uma ocupação irregular, com retirada de água do canal sem autorização.


O senador dialogou com o grupo e se comprometeu em colaborar para um entendimento. Na próxima sexta uma comissão da comunidade terá reunião com o superintendente regional da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, para buscar um entendimento. “Vamos trabalhar para resolver este problema de uma maneira definitiva. As pessoas necessitam da água e nosso interesse é encontrar uma solução para que elas possam ter a dignidade que merecem”, afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.