Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Olinda terá melhoria no abastecimento de água a partir de segunda-feira (14)

Bairros de  Rio Doce, Jardim Atlântico, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso serão beneficiados


Os investimentos realizados na melhoria do abastecimento de água de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, continuam apresentando resultados positivos. A partir da próxima segunda-feira (14), passará a valer um novo calendário de abastecimento, com a ampliação do abastecimento para 150 mil pessoas nos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso. O rodízio, que era em média de um dia com água e cinco dias sem o abastecimento nessas áreas da cidade, antes do projeto  Olinda+Água, agora será de três dias com água para três dias sem. Essa redução do rodízio é só o começo da melhoria da distribuição de água proporcionada pelo projeto, que está sendo executado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na cidade, com recursos viabilizados pelo Governo Paulo Câmara, no valor de R$ 134 milhões. As melhorias no fornecimento de água serão gradativas até alcançar o objetivo final dessa grande ação que é abastecer a população todos os dias, durante as 24 horas e com boas pressões nas redes.

Só nesses quatro bairros, que correspondem a primeira etapa do Olinda+Água, foram assentados mais de 40 mil metros de novas tubulações. Rio Doce, Jardim Atlântico, Casa Caiada e parte de Jardim Fragoso também passaram a ser abastecidos pelo Centro de Reservação de Perijucã, um reservatório único que foi construído, em Jardim Atlântico, com capacidade para armazenar 12 milhões de litros de água. No caso de Jardim Fragoso, a parte do bairro já contemplada com o projeto são as ruas (e adjacências) Humberto de Lima Mendes – próximo a Funeso – Princesa Isabel, Professora Eliza Saldanha e José Alexandre de Carvalho. “Tivemos condições de fazer essa reestruturação do calendário porque as melhorias no abastecimento já estão sendo alcançadas. Com o aumento do controle operacional do sistema, por meio de dispositivos implantados na rede, passamos a controlar de forma mais eficiente o volume de água distribuído. Isso significa que conseguimos melhorar o calendário para a população utilizando a mesma vazão de água que já dispomos no sistema”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Reginaldo Lopes, lembrando que no período de testes do novo sistema implantado, em novembro do ano passado, essas áreas tiveram a primeira melhoria do calendário. 

O Olinda + Água é o maior programa de abastecimento de água em execução na RMR e beneficia 250 mil pessoas em Olinda, quase de 60% da população da cidade. Ao todo, o projeto prevê a implantação de 85 mil metros de rede de distribuição de água em 15 bairros: Rio Doce, Jardim Atlântico, Jardim Fragoso, Casa Caiada, Bairro Novo, Bultrins, Ouro Preto, Jatobá, Monte, Guadalupe, Bonsucesso, Amaro Branco, Carmo, Varadouro, Santa Tereza. As ações do Olinda+Água iniciaram em março de 2016 e a previsão de conclusão é março de 2021, com todas as etapas finalizadas, incluindo intervenções e ajustes em busca da melhoria da eficiência operacional, implantação de equipamentos e novas tecnologias para manutenção do sistema. A segunda fase da obra está em andamento e abrange Ouro Preto, Jatobá, Bairro Novo e parte dos bairros de Bultrins e Jardim Fragoso. A terceira etapa, que atenderá os bairros do Sítio Histórico de Olinda, deve iniciar no mês de junho. Os recursos aplicados no projeto foram financiados pela Compesa e Governo do Estado junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.