Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista é palco do primeiro festival sobre questões étnicas raciais


Um momento de reflexão sobre promoção étnica racial, difusão da cultura afro-brasileira e o enfrentamento ao racismo, com este objetivo o Município do Paulista sediou o I Festival da Juventude Negra da cidade. A ação aconteceu na manhã desta sexta-feira (08.06), no auditório do bloco C, da Faculdade Joaquim Nabuco, no Centro.
Na ocasião, representantes da sociedade civil e agentes do governo, compuseram a mesa de discussões para debater assuntos acerca do tema: “13 de maio não é dia de negro em Paulista”, que através desta iniciativa desenvolve ações e atividades para nortear as ações da Secretaria de Educação do município.
Logo após algumas questões serem deliberadas no local, estudantes da rede de ensino da cidade, representaram manifestações da cultura afro-brasileira, entre os destaques, o grupo Atos de Resgate, formados por alunos da Escola Municipal Susie Regis. Cerca de 150 pessoas compareceram ao auditório, composto por seis escolas municipais, e a Escola Clídio de Lima Nigro, localizada em Olinda, além de convidados.
José Rufino, gerente da Igualdade Racial do Paulista, destaca porque é importante trabalhar estas questões com os jovens do município. “A juventude esta trazendo um protagonismo muito forte, com proposta que o município possa implantar e efetivar. Como por exemplo, o conselho de igualdade racial, audiências públicas além de como desenvolver as politicas no quesito raça e cor”, disse. 
Presente no local, o secretário de Educação do Paulista, Carlos Junior, enfatizou a importância de desenvolver atividades como esta na rede de ensino, e levar os estudantes a serem pessoas mais envolvidas nesses debates. “A juventude precisa ter consciência que o país ainda tem pessoas racistas. O racismo esta presente em todas as esferas, na politica, educação, nas instituições. E a conscientização do mal que este desrespeito trás, tem que partir da educação”, ressaltou.
O I Festival da Juventude Negra do Paulista foi uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação do Paulista, por meio da Gerência de Igualdade Racial.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.