Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Educação do Paulista certifica estudantes do curso de Libras


“Eu passei por uma situação com um deficiente auditivo, quando fui atender uma ocorrência não consegui me comunicar com ele. Por causa disso vim fazer o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), para acrescentar na minha profissão. Agradeço a iniciativa da Prefeitura de oferecer esta oportunidade a todos”, comentou satisfeito o policial militar, Edilson Barbalho Ferreira, sobre a entrega dos certificados e a conclusão do curso de Libras .
A solenidade aconteceu, na manhã desta quarta-feira (04.07), no auditório do bloco C da Faculdade Joaquim Nabuco, no Centro. Uma iniciativa da Prefeitura do Paulista por meio da Secretaria de Educação da cidade, o Projeto Educa Libras tem o intuito de ampliar o acesso à comunicação com os deficientes auditivos e garantir uma maior inclusão social aos surdos através de aulas gratuitas.
No evento, 210 estudantes dos Módulos básico 1 e 2 puderam receber os certificados e relembrar tudo que passaram durante as aulas numa cerimônia emocionante. A ação teve início no ano de 2017, e já formou uma turma de 68 estudantes do módulo 1 em seu primeiro ano. O curso tem 60 horas aulas, com duração de 15 dias, e certificado em todo território nacional.
Na ocasião, a coordenadora de Educação Especial do Paulista, Bernadete Brandão, ressaltou a importância de estar certificando os alunos. “Estamos felizes que o município de Paulista abraçou a língua de sinais, pois é um idioma, é uma língua oficial do país. Pretendemos continuar no próximo semestre com os módulos intermediário e o avançado”, disse.
O professor da rede estadual de ensino, Pedro Ivison, comentou as contribuições que vai adquirir para a sala de aula. “Vai complementar em sala de aula, pois como professor encontramos alunos com esta deficiência e não conseguíamos nos comunicar e com os ensinamentos obtidos no curso posso interagir com ele”, finalizou.
Presente no local, o secretário de Educação do Paulista, Carlos Junior, pontuou como a rede de ensino vem contribuindo com a educação especial. “O município do Paulista vem investindo na acessibilidade, fazendo a diferença. É a cidade pioneira nesta formação para interpretes de libras. Os deficientes auditivos e surdos precisam destes profissionais para estudar e desenvolver um talento que possuem, temos a obrigação de estimular”, ressaltou.    

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.