Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em setembro, Mercado Manual retorna à Pinacoteca em sua 2ª edição

São Paulo, Agosto de 2018 – O Mercado Manual, festival dedicado à cultura feita à mão idealizado pela Florista Produções, realiza sua 2ª edição na Pinacoteca de São Paulo, Museu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Com entrada franca, o evento acontece nos dias 1 e 2 de setembro, das 10h às 18h, com uma lista selecionada de expositores e intensa programação cultural.


Cerca de 80 artesãos contemporâneos e pequenos empreendedores que semeiam a autoria e o fazer manual se reunirão no fim de semana para ocupar a Pina com muito design, moda, decoração, beleza, bem-estar, joalheria, artigos infantis e diversificado menu gastronômico. O Manual na Pina também oferece shows autorais e oficinas sobre manualidades, ambos gratuitos (confira a programação abaixo).
Outro motivo especial para visitar o Mercado Manual na Pina é a celebrada exposição que estará em cartaz no Museu: "Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960 - 1985 – sucesso de crítica em sua passagem pelo Hammer Museum, em Los Angeles, e Brooklyn Museum, em Nova York, que reúne 280 trabalhos de 120 artistas, de 15 países. As obras abordam o corpo feminino como forma de expressão e de crítica social e política num dos períodos mais conturbados da história.
O primeiro Manual na Pina reuniu mais de 13 mil pessoas em novembro de 2017 e a expectativa de público é ainda maior, já que o Mercado Manual se firmou na agenda cultural paulistana como uma importante iniciativa que transcende o universo do consumo consciente e propicia, sobretudo, um ambiente saudável de troca de conhecimento entre designer e consumidor. Apoiar e abrir espaço para os artesãos, responsáveis pela produção autoral em pequena escala, é o elemento condutor do negócio que tem à frente o trio de sócias formado por Karine Rossi, Daniela Scartezini e Patricia Toledo.
Programação cultural
A programação de shows e oficinas prometem tornar o clima ainda mais agradável para quem for ao festival. Além de atividades infantis, realizadas pela Kombi dos Sonhos, que duram o dia todo, o Manual na Pina convida alguns de seus artesãos para realizarem oficinas – as vagas são limitadas e as inscrições poderão ser feitas no evento, com 1 hora de antecedência.
No primeiro dia de MM, às 11h30, João Diel, idealizador da Primeira Folha, comanda a oficina de incensos naturais. Às 14h30, ilustrações artísticas, com Franncine, do Estúdio Luares. No dia seguinte, às 11h30, as oficinas iniciam com a aula de cosméticos naturais, idealizada por Manuela, da Sal do Beija-flor. Durante à tarde, às 14h30, o Coletivo Nalã comanda a oficina de crochê e pompom.
No universo dos shows, quatro bandas estão confirmadas para ocupar a Pinacoteca com uma selecionada curadoria musical, são elas: Mutum, realizada na voz e performance de Jairo Pereira, responsável por unir, de forma íntima e interativa, música e poesia – às 16h, no dia 01. Mais cedo, às 13h, a Banda Strombólica explora em seu espetáculo o fascínio das crianças pelo universo animal.
No dia 02, às 13h, o percussionista Emilio Martins propõe por meio de seu projeto, Entremundos, o resultado sofisticado da fusão de ritmos brasileiros e estrangeiros. Às 16h, é a vez da Banda LaMota encerrar a programação com uma sonoridade acompanhada de influências rítmicas da música jamaicana e brasileira, como samba e frevo, além da transição entre jazz, valsa e tango.
Sobre a Pinacoteca de São Paulo
A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Fundada em 1905, pelo Governo do Estado de São Paulo, é o museu de arte mais antigo da cidade. Ela está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, que depois passou por uma ampla reforma com projeto do arquiteto Paulo Mendes da Rocha no final da década de 1990. O acervo original da Pinacoteca foi formado com a transferência de 20 obras do Museu Paulista da Universidade de São Paulo de importantes artistas da cidade como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino, Antônio Parreiras e Oscar Pereira da Silva. Com o passar dos anos, formou um significativo acervo, com quase 10 mil obras.
Sobre a Rede Manual
A Manual, criada pela Floristas Produções, é uma rede que reúne e empodera pequenos empreendedores e novos criadores, propiciando ambientes de negócios, conhecimento e relacionamento. Trata-se de uma plataforma que incentiva e ressignifica o artesão, o autor, o criador, fomentando a economia criativa e o consumo ético. Composta principalmente por mulheres, a rede acredita no potencial feminino como agente transformador e na capacidade de construção de um futuro melhor através da valorização do trabalho manual.
Para saber mais: www.redemanual.com.br | @redemanual

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.