Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Os cuidados com a pele são necessários em qualquer estação do ano

Com a chegada do clima quente, a incidência dos raios ultravioleta aumenta a probabilidade de queimaduras, câncer de pele e outras doenças. É preciso tomar muito cuidado com a exposição à radiação, pois mesmo com o clima pouco quente, a radiação pode ser grande e prejudicar o nosso corpo.


O que poucas pessoas sabem é que existem dois tipos de incidência de radiação solar (UVA e UVB). A apresentação desses raios varia no decorrer do dia, os raios UVA têm maior incidência antes das 9h e após às 16h, já os raios UVB têm seu pico nos horários das 9h às 16h.
Os raios UVA atingem as camadas mais profundas da pele, causando o envelhecimento da pele e causa danos irreversíveis, causando manchas, rugas e o câncer de melanoma. Além de produzir o melasma, que são manchas escuras difíceis de serem tratadas, as pessoas mais atingidas são mulheres grávidas ou que fazem uso de anticoncepcionais.
Os raios UVB conseguem alcançar as camadas superficiais da pele, causando queimaduras do sol por causa da exposição, alguns medicamentos podem aumentar a sensibilidade aos raios do sol. Esse tipo de raios são responsáveis pelos sintomas pré-câncer e câncer de pele (sem ser melanoma).
O protetor solar é o maior aliado para a pele, já que protege o maior órgão do corpo, a pele. É comumente usado o filtro solar apenas com a indicação FPS (Fator de Proteção Solar), mas é preciso conter as especificações FPUVA (fator de proteção UVA), que protegem as camadas inferiores da pele.
As roupas de algodão também ajudam na proteção da pele, já que bloqueiam o contato dos raios com a pele. É preciso se proteger com roupas compridas, para que a pele não tenha uma maior exposição ao sol.
O fator de proteção solar varia entre 15 e 60, isso não significa que o protetor com o fator maior protege mais, porém ele protege por mais tempo. Se uma pessoa branca leva 5 minutos para absorver o sol e ficar com a pele queimada, o protetor de ação 15 protegerá por 75 minutos. O mesmo protetor sobre uma pele mais escura que leva 7 minutos para absorver os efeitos do sol demora 105 minutos. Por isso, recomenda-se que o fator de proteção seja a partir do fator 30.
A aplicação do protetor solar deve ser feita 30 minutos antes da exposição ao sol, esse é o tempo que a pele leva para absorver o produto e formar uma proteção para a radicação. Não se engane com as estações do ano, o sol queima com irradiação em todas as quatro.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.