Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria destaca escolha de Pernambuco para sediar o 17º Gastroped

Luciana Rodrigues Silva cita o engajamento dos pediatras pernambucanos como um dos fatores para que o evento, uma parceria com a Sociedade de Pediatria de Pernambuco,aconteça no Estado

Prestes a acontecer pela primeira vez em Pernambuco, o 17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria – Gastroped é um símbolo da importância nacional do Estado na especialidade. Abordando o tema Construindo Pontes Entre a Ciência e o Cuidado, o evento acontecerá de 29 de agosto a 1º de setembro, no Hotel Armação, na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife. A realização é conjunta entre a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade de Pediatria de Pernambuco (Sopepe). 

Presidente da SBP, a gastropediatra Luciana Rodrigues Silva destaca o motivo pelo qual Pernambuco foi escolhido para receber o congresso. “Pernambuco é um dos núcleos de referência na formação de gastropediatras, por isso fizemos questão de ir ao Estado. Também adotamos a política de privilegiar como sede as associadas que ainda não receberam o congresso. Temos, ainda, profissionais excelentes aí, como a professora Gisélia Alves – presidente de honra do Gastroped – que tem dado grande contribuição à Sociedade Brasileira de Pediatria”, explica Luciana.

Ela cita, também, a boa infraestrutura oferecida pelo Estado para receber cerca de 1.500 congressistas ao longo de quatro dias de intensa programação. “Pernambuco tem essa estrutura, além de ser uma filiada forte, com pediatras engajados”, continua Luciana Silva.

Coordenadora de um dos cursos pré-congresso, sobre Doença inflamatória intestinal na infância, no dia 29 de agosto (quarta-feira), a presidente da SBP também estará à frente, durante o congresso, da palestra Criança que não responde ao imunossupressor: como proceder?, marcada para o dia 30. Luciana ainda será mediadora da mesa-redonda Dilemas no diagnóstico e tratamento da doença celíaca, na sexta-feira (31). 



A gastropediatra aproveita o congresso ainda para lançar o livro Manual de Residência em Gastroenterologia Pediátrica (Manole Editora, R$ 128), escrito em parceria com Elisa de Carvalho (DF) e Cristina Targa Ferreira (RS). A obra atualiza as principais questões de especialidades como a gastroenterologia e hepatologia, quando voltadas especificamente para a pediatria, frutos dos avanços na medicina e na pediatria nas últimas décadas.

Luciana destaca a relevância dos assuntos definidos como eixos das atividades. “As doenças inflamatórias estão aumentando muito, e cada vez são mais frequentes em crianças e adolescentes, portanto, é muito importante estarmos atentos ao diagnóstico precoce. Também é indispensável que os pediatras façam atualizações sobre os métodos de diagnóstico e os novos medicamentos disponíveis. Outros temas importantes e de grande interesse também serão tratados no congresso. Sugiro a todos consultaram o programa”.

“Tenho certeza que o Gastroped 2018 será de muito sucesso porque o programa foi feito com muito cuidado e esmero. Será muito produtivo para os pediatras especialistas e os pediatras gerais interessados na área, e também pelo lugar, que é muito bonito e dispõe de ótima organização”, encerra Luciana Silva.

--

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.