Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

A segurança deve fazer parte do presente do Dia das Crianças

O Dia das Crianças é esta sexta-feira (12.10) e muita gente planeja passar essa data em família, se divertindo com a criançada. Para que a brincadeira ocorra sem riscos tanto à saúde quanto ao físico da criança é preciso tomar cuidado com uma série de fatores que devem ser observados na hora de presentear os pequenos. Quem já fez as compras deve se certificar que o produto adquirido é seguro para criançada, mas quem ainda vai comprar os presentes deve prestar atenção na segurança do brinquedo.

Na hora de adquirir a lembrancinha, analise bem a embalagem do produto. Procure o selo do Inmetro, pois, o instituto verifica os brinquedos detalhadamente, para ver se existem peças pequenas, partes cortantes, elementos químicos perigosos, os limites de ruídos e até a possibilidade de pegar fogo. É de extrema importância que o brinquedo esteja de acordo com a idade e a fase de desenvolvimento da criança e essas informações devem constar na embalagem. Sempre leia os avisos de segurança e as instruções de utilização. 
A caixa também deve trazer a identificação e o endereço do fabricante ou do importador, para que sejam acionados em caso de algum acidente.  O barato muitas vezes pode sair caro, pois brinquedos comercializados no mercado informal podem oferecer riscos já que muitos não seguem critérios de segurança. 
Todo cuidado é pouco quando se trata de crianças, então, além de focar nesses detalhes, os responsáveis devem sempre ficar de olho na meninada. Inclusive com brinquedos que façam a criança se movimentar mais o cuidado deve ser redobrado para evitar quedas, batidas de cabeça, pancadas em quinas de móveis e tantos outros acidentes que podem ser evitados se a brincadeira for supervisionada.
O consumidor paulistense que se sentir lesado pode registrar uma reclamação junto ao PROCON Paulista, localizado na Praça João XXIII, Centro, ou pelo telefone 3371-7889.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.