Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Grande tradição pernambucana, Baile do Menino Deus completa 15 anos e divulga novidades para 2018


RecifeOlinda.com

Peça dirigida por Ronaldo Correia de Brito é encenada no Recife de 23 a 25 de dezembro e ganha exposição e rodada de conversas.



Há 15 anos, o Baile do Menino Deus – Uma Brincadeira de Natal emociona milhares de pessoas que o assistem ao ar livre, no Marco Zero, bairro do Recife. A peça dirigida pelo escritor Ronaldo Correia de Brito conta a história de dois brincantes, que buscam celebrar o nascimento de Jesus. Narrada a partir de figuras da tradição popular brasileira, neste ano o espetáculo trará cenários, músicas e coreografias inéditas, além de novos intérpretes. Além disso, a peça terá uma exposição comemorativa na Associação Comercial de Pernambuco do dia 16 a 25 de dezembro e também promove rodas de conversa com a produção e criação do espetáculo.

Criado há 35 anos, o texto é parte da Trilogia das Festas Brasileiras, série de peças que retratam as manifestações populares nordestinas, em que se incluem Bandeira de São João e Arlequim de Carnaval. No Baile do Menino Deus, a dupla de personagens principais, Mateus, é interpretada pelos atores Sóstenes Vidal e Arilson Lopes, que se revezam com Paulo de Pontes e Daniel Barros. Juntos, eles buscam uma forma de abrir a porta da casa onde estão José, Maria e o recém-nascido Jesus, e celebrar a vida em clima de festa. Uma saga que recorre a sortilégios, brincadeiras, invocação de criaturas fantásticas – como a Burrinha Zabilin, o Jaraguá e o Boi – e muita música e dança.

– Senhores donos da casa,
Jesus, José e Maria,
queremos fazer um baile
que emende a noite no dia,
pois quando nasce um menino
renasce toda alegria.

Diz Mateus em uma de suas falas.
A trilha sonora da peça – composta por Antônio Madureira e executada ao vivo por uma orquestra regida pelo maestro José Renato Accioly – reúne canções inspiradas nos brinquedos populares e na música brasileira/nordestina, a exemplo do frevo, maracatu, coco, caboclinho e ciranda.
Desde 2004, o Baile do Menino Deus é encenado na Praça do Marco Zero do Recife, se transformando em uma tradição do calendário festivo da capital pernambucana. Sucesso que reúne, por ano, uma plateia em torno de 70 mil pessoas e alcança mais de 400.000 outras em transmissão direta via mídias sociais.

Novidades para 2018
A cenografia ganha neste ano muitas novidades. O figurino também passa por uma atualização. Mas as maiores surpresas são as novas peças musicais e a presença de vários intérpretes admirados pelo público brasileiro: os solistas Adiel Luna, Beto Ortiz, Carlos Filho e Felipe Costa, além dos intérpretes que já formam o elenco do Baile, como Silvério Pessoa, Isadora Melo, Surama Ramos e Virgínia Cavalcanti. A orquestra recebe o reforço de novos percussionistas, e ao coro infantil se juntam novas crianças.

Além disso, uma exposição está sendo armada para comemorar os 15 anos de espetáculo. Adereços, imagens e figurinos criados por Marcondes Lima estarão à disposição do público. Além disso, rodadas de conversas acontecem nos fins de semana com os diretores e criadores do espetáculo.

No domingo (16), às 16h, a roda de conversa será com Ronaldo Correia de Brito, Carla Valença, Arilson Lopes e Daniel Barros. No sábado (22), às 16h, os convidados são José Renato Accioly, Sephora Silva, Marcondes Lima e Sandra Lino. O local ainda terá produtos personalizados com identidade visual de Joana Lira e em edição limitada, como canecas, ecobags e o livro do Baile do Menino Deus de Ronaldo Correia de Brito editado pela Companhia das Letrinhas.


Equipe
Mais de 300 pessoas compõem a equipe geral envolvida na encenação do Baile do Menino Deus, entre produção, técnicos, prestadores de serviços e artistas de diversas áreas. A orquestra é formada por 16 músicos, coro adulto com 13 cantores, coro infantil com 12 crianças, corpo de baile composto de 11 bailarinos, e mais 07 atores e 10 solistas.   
Produção | Patrocinadores
Há 15 anos é realizada pela Relicário Produções, da produtora Carla Valença. A temporada 2018 tem patrocínio do Ministério