Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista parabeniza Nena Cabral

Hoje é o aniversário do empresário Nena Cabral. Ele foi vice-prefeito de Paulista, na gestão de Geraldo Pinho Alves, em 1997. E, no período de 30 dias, Nena assumiu a gestão municipal e fez história, em 2000.

Em pouco tempo, Nena conseguiu fazer um trabalho inédito, calçando duas ruas, recuperando 05 ambulâncias e a Unidade Mista Torres Galvão. Além de iluminar todos os bairros para o Natal e pagar a folha salarial e o 13º mês dos servidores de forma antecipada.

Infância e Juventude

Antônio Ricardo Cabral de Sousa (Nena Cabral) nasceu na cidade de Escada,  na Mata Sul -PE, no dia 07 de janeiro de 1954, sendo o quarto de oito filhos do Sr. Antônio Cabral de Sousa e D. Eunice Ribeiro de Sousa (D. Nicinha). Aos 3 meses de vida, a família volta para Paulista, onde Antônio Ricardo vive, cresce e torna-se conhecido como Nena, referência à forma carinhosa como a mãe o chamava.

                                                       

Nena Cabral com a avó Ana Ribeiro, acompanhado dos primos Rosinha e Marcos, no Campo do Gravador ao lado do Casarão de Jardim Paulista

A infância é vivenciada em Paulista, onde Nena Cabral brinca, estuda, recebe uma educação religiosa e encara as primeiras dificuldades da vida.  Aos 8 anos, começa a trabalhar para ajudar aos seus pais. O então garoto inicia os primeiros trabalhos, exercendo a atividade de “carregador d’água, que consistia em transportar latões d´agua para abastecer as casas dos tios, além de colher areia do riacho para comercializar nos segmentos de construção.

                            

Recordação do Grupo Escolar Dantas Barreto. Nena Cabral aos dez anos de idade. 

Os primeiros anos escolares foram realizados no Grupo Escolar Dantas Barreto, onde junto com os colegas de classe participa da primeira comunhão realizada na Igreja Santa Elisabeth. 

Nena Cabral acompanhado de Marcos de Nequinho, Luizinho, Cleiton, Tito, Nogueira e Plin (todos em pé) e Carlinhos de Nequinho e Ronaldo Cabral (sentados)

Após concluir o ensino médio no Colégio José Firmino da Veiga, decide emancipar-se aos 18 anos de idade para se tornar comerciante, visto que as leis da época apenas permitiam o exercício da profissão, a partir dos 21 anos. No mesmo ano, já independente financeiramente inaugura a loja de móveis e eletrodomésticos “A Facilar” no centro de Paulista, no antigo beco do Ibi (atual Shopping do Celular)                                  

                                    Nena Cabral concluiu o ginásio no Colégio Firmino da Veiga em Paulista

Paralelamente à vida empresarial, Nena Cabral ingressa na Faculdade Esuda, no Centro do Recife, para cursar Administração de Empresas e posteriormente, se especializa em Marketing pela Escola Superior de Marketing do Recife. Apesar de seguir a vida acadêmica na capital, continua morando em Paulista, a sua cidade de coração.

               Primeiro título eleitoral de Nena Cabral aos 18 anos

Carreira empresarial e luta social

                   Loja “A Facilar” em Paulista

                         Faixada da ” A Facilar” em Paulista

Como jovem empreendedor, Nena Cabral consegue rapidamente expandir os negócios e inaugura mais sete lojas. A competência e a habilidade para o comércio aliadas à coragem para inovar fizeram com que se tornasse um empresário reconhecido e bem-sucedido.

O prestígio e o respeito obtidos pela classe empresarial o levaram ao cargo de vice-presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Paulista- CDL, exercendo o mandato com o então presidente da CDL, Inaldo Rodrigues.

                              Nena Cabral e Dom Hélder Câmara durante a missa de celebração dos 50 anos do Hospital da Mirueira. 

Sempre voltado às ações sociais e espírito de solidariedade, decide contribuir de forma mais efetiva com a população carente de Paulista. Nena se torna ativista da causa contra a hanseníase, além de visitar com regularidade e apoiar a população afetada pela patologia que se encontravam no leito do Hospital da Miruera. Em 1986, ingressa como sócio ao Rotary Clube de Paulista, presidindo a instituição em 1989, conseguindo integra-la aos demais segmentos de classe da cidade.

Trajetória Política

                 Comício eleitoral de Geraldo Pinho Alves e Nena Cabral durante campanha para prefeitura de Paulista

O desejo de proporcionar o avanço e o desenvolvimento econômico de Paulista faz despertar o interesse para ingressar na carreira política. Após alguns convites anteriores, Nena Cabral aceita a indicação para ser o vice-prefeito do candidato Dr. Geraldo Pinho Alves. Ao decidir entrar na chapa candidatura à prefeitura em 1992, Nena Cabral se envolve de forma integral na campanha, e a partir deste momento efetiva seu nome político: Nena Cabral.

A chapa Geraldo Prefeito e Nena Cabral Vice-Prefeito liderava todas as pesquisas e despontava na preferência do povo, reflexo da credibilidade e do trabalho já realizado. Ao contrário do esperado, a chapa concorrente vence as eleições após uma fraude nas urnas. O candidato da chapa concorrente elege-se prefeito de forma irregular.

Sempre com o espírito aguerrido, prezando pela justiça e honestidade, Nena Cabral solicita ao TER-PE que realize a recontagem de votos, fato até então inédito na história de Paulista. Entretanto, a falta de transparência na recontagem dos votos, devido à conivência do magistrado, condutor do processo.

Aniversário de Nelson Falcão

O médico Nelson Falcão, que já foi vereador e secretário de Saúde de Paulista, está aniversariando hoje.

O Blog Paulista Atualizado deseja tudo de bom. Muita saúde e paz!

Fernando Bezerra Coelho visita lideranças políticas em bonito

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o ministro de Minas e Energia Fernando Filho tomaram café da manhã neste sábado na cidade de Bonito, Agreste do Estado, com a ex-prefeita e ex-deputada Maria Lúcia Heráclio. O encontro reuniu importantes liderançaspolíticas municipais, incluindo Maroja Filho, que disputou as eleições para prefeito em 2016.

Após a agenda na casa de Maria Lúcia, Fernando e o ministro participaram de uma entrevista na Rádio Verdade FM, para discutir os cenários políticos de Pernambuco e do Brasil. Na pauta, temas como a queda nos investimentos do Estado, que foi passado para tráspela Bahia e Ceará, e a violência. Nos últimos três anos foram registrados mais de 13.500 assassinatos, um recorde na história pernambucana. “Falta força, iniciativa e coragem ao governador. Ele não correspondeu às expectativas do povo de Pernambuco. Somos o estado campeão de desemprego no Brasil. Precisamos inaugurar um novo tempo no Estado”, disse.