Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Encontrada


O Blog Paulista Atualizado agradece a todos que contribuíram para encontrar Núbia Damasceno. Segundo informações, a menina foi encontrada hoje e passa bem. 

Ninho participa de assembleia na Chesf

Estive hoje pela manhã na Chesf, participando de assembleia ao lados dos seus servidores. Mais uma vez reafirmei minha posição contra sua privatização. Vender a Chesf é vender o Rio São Francisco, uma das maiores riquezas do Nordeste. São inúmeros os malefícios que essa operação pode trazer, entre eles está o aumento na conta de energia e a dificuldade de prosseguir com as obras da transposição.

A “ESCOLHA DE SOFIA” E A ESCOLHA DO PT

A “ESCOLHA DE SOFIA” E A ESCOLHA DO PT

Por Luciano Morais

Advogado e Presidente municipal do PT em Paulista

Desde o golpe de Estado parlamentar de 2016, integrado pelas corporações de mídia (sob liderança da Rede Globo), pelos partidos e parlamentares corruptos, pelo mercado financeiro e corporações industriais (lideradas pela Fiesp), além da faixa de classe média reacionária, o PT observou e sofreu a capitulação de antigos aliados. Alguns deles do campo da esquerda, a exemplo do histórico PSB, bem como a debandada da base parlamentar fisiológica formada por partidos sem identidade político-ideológica..
Os golpistas não se conformaram apenas em golpear o PT para iniciar a ofensiva aos direitos sociais e trabalhistas, e contra o patrimônio e à soberania nacional. Eles também buscaram e buscam demonizar o Partido dos Trabalhadores, tentando afastar do imaginário popular a identificação do povo com um projeto de caráter nacional e popular.
O ataque da Casa-Grande contra a mobilidade social e o acesso a muitos direitos pelos trabalhadores, desde o ano de 2003, a partir da eleição do presidente LULA, resgatou a simpatia popular para com as bandeiras de luta defendidas pelo PT. Por isso, não completaram nem dois anos do golpe para que a maioria da sociedade reconhecesse a armadilha do golpe. Não é por acaso que o ex-presidente LULA lidera as pesquisas eleitorais, constituindo, desde já, a principal força eleitoral que pode frustrar em 2018 toda ofensiva golpista arquitetada na pauta ultraliberal dos usurpadores do poder legítimo.
O PT foi gravemente atingido e caiu, mas o golpe não foi fatal. Daí a importância tática da eleição de 2018, com a presença de Lula candidato e de outras lideranças para a batalha da reação democrática nas ruas e nas urnas. Deve ser nosso objetivo fundamental, ao lado da eleição de Lula, formar uma grande bancada de parlamentares (Deputados e Senadores) para a aprovação de projetos no Congresso Nacional, inclusive para encaminhar as propostas de referendo revogatório sobre as leis ilegítimas, antinacionais e criminosas contra os trabalhadores e a nação.
Da mesma forma, é necessária a recomposição de um campo histórico de partidos identificados ideologicamente com as agendas de esquerda. E não menos importante (julgamos até essencial), é a indispensável apresentação de uma agenda  social própria nos estados, a fim da sociedade poder, por meio do contraponto político-ideológico e econômico-social, identificar no PT um diferencial em face da agenda conservadora em curso.
Essa será a “escolha de Sofia” do PT: abdicar do seu potencial capital político-eleitoral para ceder às pressões pragmáticas de forças políticas partícipes do golpe (as quais sofrem altos índices de rejeição, em razão de mandatos que se dedicaram a atender os interesses de grandes corporações), ou se apresentar com a cara e a coragem dos seus quadros mais dispostos a afirmar uma agenda político-ideológica que não abdique dos lastros históricos originais do PT.
O PT terá uma vitória de Pirro se, em 2018, eleger Lula e não eleger uma bancada federal com maioria de forças progressistas no Senado e na Câmara Federal. Será, na prática, emparedado politicamente, pois o golpe pretende se consolidar a partir do novo parlamento.
Em Pernambuco, a candidatura própria ao governo do Estado, apresentada pela vereadora Marília Arraes, é uma dessas alternativas. Significa, já a partir de Pernambuco, que não podemos conciliar no essencial, ainda que, pragmática e taticamente, possamos conciliar em questões periféricas. Não conciliar no essencial quer dizer que o PT não deve nem pode transigir com os golpistas, no sentido de permitir aos mesmos manter a mesma agenda reacionária e entreguista do golpe de Estado de 2016, já a partir dos estados.
A candidatura de Marília Arraes preenche todos os requisitos necessários como resistência aos tempos difíceis que vivemos, bem como aponta para uma renovação partidária equilibrada, mas não como uma unanimidade interna, como muitos ingenuamente dizem necessário buscar no âmbito partidário, o que seria um ledo engano. A divergência e o debate são importantes para ajustar pontos essenciais, desde que haja predisposição da parte derrotada de se deixar convencer pela tese vencedora, e, sobretudo, fique disposta a seguir o que esteja em harmonia com os anseios da militância e da sociedade.
Neste sentido, buscamos, sim, uma definição partidária sobre a candidatura própria e quem caberá representar esta postulação para arregimentar um campo popular de partidos e movimentos sociais. Uma decisão que não seja açodada pelo pragmatismo, o qual não contempla o desejo de resistir e reverter o atual quadro político (objetivando apenas a suposta garantia de mandatos previamente selecionados num possível pacto),  que traga ânimo aos lutadores e lutadoras contrários ao golpe e seja uma alternativa para seguir e lutar por uma dignidade coletiva já tão ofendida.

Paulista, 19 de janeiro de 2018.
Luciano Morais é advogado, músico e presidente do PT em Paulista/PE.

Metas da FCDL são debatidas na nova gestão


O presidente da CDL-Paulista Raimundo Lopes e o vice Alberto Soares fizeram-se presentes na reunião da FCDL-PE. Aconteceu nesta  quarta-feira (17) a fim de traçar metas eficazes à gestão do presidente Eduardo Catão. "É de extrema importância a preocupação com os detalhes e escolhas a serem feitas daqui para frente. Inovação do pensamento é um lema para a nova gestão!", disse Lopes. 


Bloco “Xingou, bateu. É Penha!” desfila pelas ruas do Centro do Paulista


“Xingou, bateu. É Penha!”, este é o nome do bloco criado pela secretaria Executiva de Políticas Públicas para as Mulheres do Paulista, que de forma divertida, vai conscientizar à população sobre a importância do enfrentamento à violência contra o segmento feminino.


No carnaval, o número de violência contra o público feminino cresce significativamente, pensando nisso, o Bloco, que sai pela primeira vez, vai desfilar pelas ruas do Centro da cidade, com muita alegria e descontração. Porém, aproveitando o momento para distribuir panfletos informativos dos direitos e dos serviços oferecidos no enfrentamento à violência.

A saída do Bloco será na Rua Siqueira Campos, na terça-feira (06.02), da semana pré-carnavalesca, a partir das 15h. A iniciativa conta com o envolvimento de todas as secretarias municipais. Na ocasião, uma orquestra de frevo vai animar todo o percurso.

Para quem deseja adquirir a camisa do bloco, é só fazer a doação de 2 kg de alimentos não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados às mulheres vítimas de violência e em situação de vulnerabilidade, assistidas pelo Centro de Referência da Mulher do município.

Endereço dos postos de troca de alimentos por camisa:

-Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres – Praça Agamenon Magalhães, S/N, andar térreo, prédio sede da Prefeitura do Paulista.

-Controladoria: Praça Agamenon Magalhães, S/N, primeiro andar, prédio sede da Prefeitura do Paulista.

-Secretaria da Saúde – Rua Cleto Campelo, número 59, Centro.

Clube das Pás terá show de sua orquestra, neste sábado (20)



Apresentação tem início a partir das 17h

    A Orquestra das Pás realiza show no Clube das Pás, neste sábado (20), a partir das 21h. No repertório canções de diversos artistas, como Adilson Ramos, Reginaldo Rossi, Moacyr Franco e Leonardo Sullivan. A banda Raízes do Brega também sobe ao palco na noite. 

   Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), disponíveis na bilheteria do local. O Clube Carnavalesco Misto das Pás fica na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife. Mais informações pelo telefone (81) 3242-7522.

Serviço:
Orquestra das Pás
Local: Clube das Pás, na Rua Odorico Mendes, n° 263 - Campo Grande, Recife
Sábado (20) | 17h
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Informações: (81) 3242-7522

Clube das Pás promove “Super Manhã de Sol”, neste domingo (21)
Paulo Márcio  e Condinho & Banda são  algumas das atrações,  a partir do meio-dia

    O Clube das Pás promove a festa “Super Manhã de Sol”, neste domingo (17), a partir do meio-dia, com shows da Banda Luminar, Magno Souza e Maninho, Banda Ritmos do Brasil Carnaval e Raízes do Brega.
  
Os convites para a festa estão sendo distribuídos gratuitamente pela produção do clube na portaria e com eles a entrada é grátis até às 15h. Depois desse horário, os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), disponíveis na bilheteria do local. O Clube Carnavalesco Misto das Pás fica na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife. Mais informações pelo telefone (81) 3242-7522. 

Serviço:
Festa “Super Manhã de Sol”
Local: Clube das Pás, na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife
Domingo (21) | 12h
Ingressos: Convites para a festa estão sendo distribuídos gratuitamente pela produção do clube na portaria e com eles a entrada é grátis até 15h. Depois desse horário, os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Informações: (81) 3242-7522

Assis Cavalcanti se apresenta no Clube das Pásnesta segunda-feira (22)
Abertura da casa