Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

A aposentadoria em outros países


Em março do ano passado, a Rede Brasil Atual (RBA) divulgou que a     Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip)  estava sendo pressionada a parar sua campanha. A Campanha fez uma comparação da Previdência do Brasil a outros países, criticando a reforma da Previdência. 
Na comparação, a Argentina, o Chile e os países europeus têm bons exemplos de aposentadoria, uma diferença enorme ao Projeto da Reforma da Previdência - arquivado desde sexta-feira, por causa de ums intervenção federal no Rio de Janeiro. Compare no gráfico. (Por José Carlos, Diretor do Paulista Atualizado). 


Fonte: 


http://www.redebrasilatual.com.br/trabalho/2017/03/reforma-da-previdencia-auditores-da-receita-denunciam-tentativa-de-calar-debate

Diferente do Brasil, Argentina e Chile valorizam mais o cidadão e garantem aposentadoria

Os países europeus tem bons exemplos de aposentadoria. Compare no gráfico.

EXECUTIVA DO PT EM PAULISTA APROVA POR UNANIMIDADE O APOIO A CANDIDATURA DE MARÍLIA ARRAES

NOTA POLÍTICA

EXECUTIVA DO PT EM PAULISTA APROVA POR
UNANIMIDADE O APOIO A CANDIDATURA DE MARÍLIA ARRAES

A executiva do Diretório Municipal do PT em Paulista aprovou por unanimidade o apoio à candidatura da vereadora Marília Arraes ao governo do estado. O coletivo avaliou que a postulante, além de preencher todos os requisitos necessários para assumir esta tarefa, conseguiu mobilizar a militância e todos os setoriais do Partido dos Trabalhadores, recebendo a declaração de apoio de quase a totalidade dos Diretórios Municipais do PT, sendo esta manifestação do DM Paulista, apenas uma formalidade para o que já vinha sendo exposto publicamente.

Esperamos que esta declaração, apesar de resguardado o direito de opinião divergente que por ventura houver no núcleo municipal, motive a direção estadual definir pela candidatura própria e atender aos anseios dos filiados e filiadas, bem como de parcela da sociedade que clama por renovação e alternativa a agenda ultraliberal de austeridade e sacrifícios iniciados com o golpe contra a presidente Dilma Rousseff.

PARTIDO DOS TRABALHADORES

Paulista, 17 de fevereiro de 2018.