Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

1º Festival de Cerveja Artesanal de Olinda vai movimentar cidade em junho

O evento ocorrerá na Praça do Carmo 


Ela é servida gelada, combina com petiscos... É a queridinha dos brasileiros nas mesas dos bares e das casas: a cerveja. Bebendo com moderação e sem o uso da direção de veículos ela é bem-vinda para reunir amigos e familiares. Nos dias 1, 2 e 3 de junho será uma oportunidade para os amantes dessa bebida participarem do 1º Festival de Cerveja Artesanal de Olinda, na Praça do Carmo. No local, serão montados estandes para comercialização, palco para apresentações culturais, feirinha de artesanato e um parque infantil.  
  
A Secretaria de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia da cidade  promoverá o evento em parceria com a Associação Pernambucana das Cervejas Artesanais (APECERVA). Na sexta-feira (01.06) o festival será realizado das 16h à 0h. Já no sábado (02.06) e domingo (03.06) será das 17h à 0h. O evento vai contar também com apresentações de coco, samba e cover de Reginaldo Rossi. Além das apresentações culturais, o Festival contará com shows, na sexta terá: Tributus (Rock e pop nacional), no sábado o público pode conferir Banda Seu Lunga (MPB, POP e Rock) e já no domingo sobe ao palco banda Junior Chumbago e família (Rock, POP Internacional, MPB e baladas românticas).  
  
Segundo especialistas, a principal diferença entre a cerveja industrial e a artesanal (também chamada de gourmet) é o processo de produção e fabricação. Na industrializada, geralmente se utiliza 60% de malte (grãos selecionados como a cevada) e se acrescenta outros cereais e produtos químicos para diminuir os custos de produção. Já a gourmetizada é feita com ingredientes mais selecionados. Há um aumento do teor do malte e demora na fermentação. Esses procedimentos acabam elevando um pouco o valor do produto. 
  
No 1º Festival da Cerveja Artesanal de Olinda, os apreciadores ou quem ficar curioso para provar outros sabores da bebida sem ser a industrial podem conferir marcas como: Seis PunhosPernambucanaCapungaBabylonDuváliaArmorial e Weissdorn, Patt Lou e HellcifeNavegantes GrunhsBierEkäutQuatro CantosFriedaHaus + CavallottiDebron BierManguezal.  
  
No primeiro dia da programação, o público poderá conferir, às 16h, uma palestra com especialista em produção de cervejas artesanais, vigilância sanitária e representantes do Ministério da Agricultura para aprender sobre a bebida e desafios da cerveja artesanal no país.   
  
"Esse festival será para promover a cerveja mais bem produzida e para gerar impacto na economia do município e valorizar esse segmento das fábricas e gerar mais empregos", destacou o secretário Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia de Olinda, João Luiz.