Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Prefeitura de Igarassu emite nova nota com medidas emergenciais



O Governo Municipal de Igarassu informa, que após reunião emergencial com o  "comitê da crise"  direcionado ao abastecimento de combustíveis, realizada gabinete do prefeito Mário Ricardo neste sábado (26),  decide tomar medidas em relação à crise do combustível, pela qual passa todo o país nos últimos dias. 

A coleta de lixo está reduzida pela falta de combustível. As aulas da Rede Municipal de Ensino estão previamente suspensas nas próximas segunda e terça-feira, dias 28 e 29.05, por falta de combustível para o transporte escolar. 

A gestão municipal informa também, que os carros que pertencem à Prefeitura estão parados para economia de combustível (alguns sem abastecimento) e apenas algumas viaturas de emergência da secretaria de Saúde, Incluindo as máquinas que atuam na zona rural do município e na secretaria da Cidade. No entanto, serão mantidos em circulação os veículos que atuam nas urgências, como as ambulâncias e serviço de hemodiálise, até quando houver combustível. 

A prefeitura esclarece ainda, que a partir desta segunda-feira (28) os quadros de funcionários das Unidades Básicas de Saúde da Família e do Hospital Municipal podem ser prejudicados, com a falta de colaboradores que não conseguem se deslocar por falta de transporte.
O Governo Municipal lamenta o momento de crise pelo qual estamos passando, que não é de nossa responsabilidade,  e torce para que a situação volte ao normal no nosso país.  

Agradecemos, mais uma vez, a compreensão
Prefeitura de Igarassu

Em Paulista, Sala do Empreendedor disponibiliza serviços e orientação ao Empreendedor Individual (MEI) e Micro Empresas (ME)



A Secretaria de Finanças do Paulista, por meio da Sala do Empreendedor, se reúne com CDL Paulista para discutir parcerias em atender pequenos, médios e grandes empreendedores interessados em instalar suas atividades na cidade. O objetivo do órgão é trazer mais agilidade e desburocratizar o processo de implantação de empresas no município. Para isso oferece em um só local serviço de abertura e regularização de empreendimentos.

Se você já trabalha por conta própria, mas tem a dificuldade de abrir o seu próprio negócio crescer, a solução pode estar na formalização para abrir um CNPJ Microempreendedor Individual (MEI). Mas, quais os passos que precisam ser adotados para poder formalizar uma empresa? O processo de legalização até parece uma tarefa difícil, mas não é. É preciso, apenas, estar atento aos trâmites burocráticos necessários.

Jonas Vieira, o agente desenvolvedor da Sala do Empreendedor, explicou quais as vantagens e o meio de se tornar um micro empreendedor individual. “O processo é simples a inscrição é fácil de ser feita. O passo seguinte é trazer os documentos necessários como: RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência. No ato, o empreendedor terá de escolher a atividade da empresa, e como microempreendedor individual ele já sai com seu CNPJ, já podendo trabalhar em seu próprio negócio. A abertura da inscrição MEI, já dar o direito de alvará provisório com validade de seis meses, conforme Lei Federal. Qualquer pessoa pode ser microempreendedor individual, desde que não seja funcionário público e que não tenha empresa em seu nome. A vantagem em ser MEI é de poder comprar direto ao fabricante caso seja comércio; emissão de notas fiscais; e contribuição do INSS,” concluiu.

Entre os serviços oferecidos pela Sala do Empreendedor da Secretaria de Finanças do Paulista estão a emissão gratuita de CNPJ, liberação de alvará, nota fiscal eletrônica, formalização de empresas e inscrição municipal. A Sala conta ainda com orientação aos empresários sobre a gestão de negócios, desde sua abertura, desenvolvimento e encerramento, até a fiscalização, registro e situação tributária. A Sala do Empreendedor atende microempreendedor individual, microempresas e empresas de pequeno porte. A unidade fica na Avenida Marechal Floriano Peixoto, s/n, no Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 as 13h30.

A Agência do Trabalho do Paulista oferece 20 vagas nesta segunda-feira (28.05)

Você que está à procura de uma oportunidade de emprego deve ficar ligado nas vagas que a Agência do Trabalho do Paulista oferece nesta segunda-feira (28.05).  Tem para lavador de veículos (2) com Ensino Fundamental completo e seis meses na CTPS, salário não informado. Ainda tem para técnico de manutenção industrial (2), Auxiliar de logística (4) e vendedor pracista (5), para essas três é necessário ter Ensino Médio completo, seis meses de experiência, a remuneração não foi divulgada.



Para as pessoas com deficiência tem vagas para auxiliar de linha de produção (2) com Ensino Fundamental completo, seis meses na CTPS e o salário de R$ 1.089,00, auxiliar de linha de produção (1) e operador de vendas (lojas) (4). Para concorrer a essas vagas é necessário ter Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário não foi informado.

Os concorrentes precisam se apresentar a Agência do Trabalho do Paulista, que fica localizada na Praça Frederico Lundgren, s/n, no Centro. Ela funciona de segunda a sexta, das 7h às 13h. Para outras informações entrar em contato com a Central de Vagas: 3183-7293.

Rodrigo Maia critica uso das Forças Armadas e volta a defender redução de impostos para combustíveis

Agência Câmara 


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, criticou o uso das Forças Armadas para conter o movimento de paralisação de caminhoneiros que bloqueiam estradas em todo o País. O presidente Michel Temer assinou nesta sexta-feira (25) decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que autoriza o emprego das Forças Armadas em casos de situações de perturbação da ordem pública.
Rodrigo Maia afirmou que a desobstrução das estradas é importante, mas deve ser feita com cuidado. "Utilização das Forças Armadas não parece um passo correto neste momento", afirmou, em entrevista coletiva na residência oficial. "Os manifestantes estão dialogando. Não acho [o uso das Forças Armadas] o melhor caminho", completou.
Ele espera que o diálogo continue e prometeu avançar na semana que vem em projetos que ajudam a regulamentar o setor e garantem maior segurança jurídica para sair o mais rapidamente possível dessa crise. No início da semana, Maia prometeu votar a regulamentação do transporte de cargas (PL 4860/16).
Política de preços
Rodrigo Maia criticou a política de preços da Petrobras. "Não está correto incorporar variação cambial aos preços e ter uma política de aumento diária. A Petrobras pode, com liberdade do preço, fazer uma política de mais previsibilidade para a sociedade, com aumentos em períodos mais longos", sugeriu.
O presidente da Câmara voltou a defender a redução de impostos sobre os combustíveis. "Pensar outras políticas compensatórias, reduzindo impostos. Sem interferência e sem subsídios. Se a gente quer reduzir o preço do combustível, tem que reduzir impostos", recomendou.
Rodrigo Maia lembrou que o presidente da República pode zerar as alíquotas da PIS/Cofins por decreto. "Porque dobrou alíquota dos combustíveis no ano passado por decreto e pode zerar PIS/Cofins do diesel e voltar a alíquota anterior da gasolina e do etanol. Não há vaidade [do Congresso] em aprovar o projeto da Câmara", ressaltou. A Câmara aprovou nesta semana a isenção de PIS/Cofins para o diesel até o fim do ano (PL 8456/17), que seguiu para análise do Senado.
Arrecadação
Para o presidente da Câmara, o excesso de arrecadação pode compensar essa redução de impostos. "A sociedade não pode pagar essa conta. Só com o excesso de arrecadação com o aumento do preço do petróleo, os royalties, a participação especial e o bônus de assinatura, o governo vai receber neste ano mais de R$ 13 bilhões. Não é possível que esse excesso de arrecadação não possa voltar para sociedade na forma de redução de impostos", defendeu.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Geórgia Moraes
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'