Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Emenda parlamentar de Marinaldo Rosendo chega a Itaquitinga



O deputado federal Marinaldo Rosendo (PP) comemora a liberação da emenda parlamentar ao município de Itaquitinga, na Mata Norte de Pernambuco. 

O recurso será destinado à aquisição de equipamentos à atenção básica do município. Com o aval positivo, agora, a  prefeitura realizará licitação. 

Em Itaquitinga, o deputado federal Marinaldo Rosendo entregou ofício de solicitação de emenda parlamentar na prefeitura, no mês de novembro de 2017.

Mario Ricardo reúne, em seu gabinete, prefeitos de Abreu e Lima e Araçoiaba


Prefeito Mario Ricardo, reuniu no final da manhã de hoje (28), em seu gabinete, os prefeitos de Abreu e Lima, Pastor Marcos e Araçoiaba, Joamy Oliveira, assessores e vereadores de Igarassu. O objetivo foi discutir ações conjuntas para amenizar os efeitos da paralisação dos caminhoneiros. A região ainda sofre com a falta de combustível e de acordo com o gestor de Igarassu, a grande preocupação é com a Saúde. "Algumas medidas judiciais foram tomadas para não parar os serviços essenciais e em qualquer situação vamos necessitar de combustível da Usina São José, que é fabricante de álcool. As aulas da rede municipal continuam suspensas nesta segunda ( 28) e terça -feira (29) até termos uma definição dessa situação de apreensão", concluiu Mario Ricardo.

COMUNICADO: Peça 'Grande Sertão: Veredas' será adiada



A produção do espetáculo “Grande Sertão: Veredas” comunica que, em razão da paralisação dos caminhoneiros, a peça marcada para ser encenada no dia 2 de junho, no Teatro Guararapes será adiada. As novas datas serão divulgadas em breve.

O caminhão, contendo cenário, adereços e equipamentos técnicos do espetáculo está parado na cidade de Governador Valadares (MG), não sendo possível chegar em tempo hábil para a montagem do espetáculo na capital pernambucana. Apesar do enorme contratempo, a equipe se solidariza com o movimento dos caminhoneiros.


Os ingressos comprados serão válidos para a nova data. Os interessados deverão se dirigir ao canal onde foi efetuada a compra e solicitar a remarcação ou o reembolso.

Em Olinda, aulas continuam suspensas

Nas 65 unidades de ensino existem 22.400 alunos
        A Secretaria de Educação de Olinda manterá a suspensão das aulas nesta terça-feira (29.05), em função do desabastecimento de combustível decorrente da paralisação dos caminhoneiros. A expectativa é de que o funcionamento nas 65 unidades de ensino seja retomado com o fim do movimento dos profissionais do transporte de carga. Na cidade, há  22.400 alunos matriculados nas escolas da Prefeitura.


Funase participa de encontro sobre parâmetros de segurança socioeducativa em Brasília



Reunião foi promovida pelo Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades
Executoras da Política de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente

A presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar, e o coordenador de Segurança, coronel Jonas Barbosa, representaram a instituição no encontro do Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades Executoras da Política de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fonacriad), ocorrido em Brasília. Os gestores discutiram Parâmetros de Segurança do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Além de Pernambuco, os estados do Paraná, Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, Pará, Piauí e Espírito Santo contaram com representantes na reunião.

A acolhida aos presentes foi feita pela secretária nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério dos Direitos Humanos, Berenice Maria Giannella, pelo coordenador-geral do Sinase, Guilherme Astolfi Caetano Nico, e pelo vice-presidente do Fonacriad, Robson Luis Zinn. Em seguida, o texto que contém os parâmetros de segurança foi apresentado pelo superintendente do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo do Ceará e coordenador técnico da elaboração, Cássio Silveira Franco. Estão entre os colaboradores do documento gestores do sistema socioeducativo do Distrito Federal e de 22 estados, entre eles, Pernambuco, além de dois consultores convidados e de representantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

No documento, foi destacado que “a concepção da segurança como direito humano fundamental mantém relações diretas com os princípios da Cultura da Paz, da Educação em Direitos Humanos, da Não Violência e da Transformação Pacífica dos Conflitos, sendo esses marcos fundamentais e precípuos de qualquer programa socioeducativo consistente”. A proposta do texto, portanto, foi defender os parâmetros de segurança como necessários e pautados por uma abordagem sistêmica, ainda que não delimitem uma “norma rígida” ou “fórmulas exclusivas e absolutas para a solução de todas as situações e dinâmicas que envolvam a questão da Segurança Socioeducativa”.

Para a presidente da Funase, Nadja Alencar, o encontro em Brasília foi uma oportunidade rica de discutir o tema de forma plural. “Os representantes dos estados puderam levar suas contribuições à reunião e terão até o próximo dia 31 para apresentar outras sugestões ao documento, que sofrerá adequações pela comissão responsável por elaborá-lo. Voltaremos a discutir esse assunto no próximo encontro do Fonacriad, que será realizado em junho, em Aracaju”, afirmou.

Em Pernambuco, o tema tem avançado, por meio do Plano Operativo de Segurança Socioeducativa (POSS), que está em elaboração, e de capacitações voltadas ao setor realizadas pela Coordenadoria de Segurança com agentes socioeducativos e outros profissionais que atuam nas unidades da Funase em todo o Estado. “No que diz respeito ao documento, estamos numa fase bem avançada, mas creio que devemos avançar ainda mais para dar ênfase aos parâmetros de segurança, o que inclui as revistas, os protocolos de segurança, os planos de contingência e os planos de ação. Tudo isso, certamente, deverá ter uma importância maior para que possamos finalizar o documento, na próxima reunião, com os parâmetros bem definidos nacionalmente, mas respeitando as particularidades e experiências exitosas de cada estado”, destacou o coordenador de Segurança da Funase, coronel Jonas Barbosa.


Imagem: Divulgação/Funase

Confira as vagas disponíveis na Agência do Trabalho do Paulista nesta terça-feira


Fique atento às vagas de emprego ofertadas nesta terça-feira (29.05) pela Agência de Trabalho do Paulista. Ao todo, 23 oportunidades estão sendo disponibilizadas em diversas áreas para os que pretendem sair do desemprego.
A seguir, você confere as vagas disponíveis: Auxiliar de logística (4), auxiliar de linha de produção (9), operador de empilhadeira (1) e técnico de manutenção industrial (2) para concorrer a uma das vagas é necessário possuir seis meses de experiência e Ensino Médio Completo. Salário não foi informado.
Para as pessoas com deficiência tem vagas para auxiliar de linha de produção (2) com Ensino Fundamental completo, seis meses na CTPS e o salário de R$ 1.089,00, auxiliar de linha de produção (1) e operador de vendas (lojas) (4). Para concorrer a essas vagas é necessário ter Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário não foi informado.
Os concorrentes precisam se apresentar a Agência do Trabalho da cidade, que fica localizada na Praça Frederico Lundgren, s/n, Centro. Ela funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Outras informações entrar em contato com a Central de Vagas: 3183-7293.

Junior Matuto reúne secretários e vereadores e define ações de enfrentamento aos problemas de manutenção no Paulista


O prefeito Junior Matuto reuniu os secretários municipais e os vereadores do Paulista para discutir os problemas enfrentados pela cidade, causados pela paralisação dos caminhoneiros e pela burocracia que está impedindo a prefeitura de tocar os serviços de manutenção da cidade, como a coleta de lixo e a Operação Tapa Buracos.
No encontro que aconteceu na tarde desta segunda-feira, 28.05, na secretaria de Infraestrutura, na Av. Brasil, em Maranguape I, o prefeito adiantou que a prestação dos serviços públicos estão engessados, mas apresentou as alternativas para colocar em prática as ações necessárias para garantir a manutenção da cidade.
“São muitos os problemas que estamos enfrentando. O primeiro é por conta da burocracia com a empresa que ganhou a licitação para realizar a Operação Tapa Buracos, há cinco meses que concluímos o processo licitatório e até agora os serviços não começaram. Já destratamos a empresa vencedora da concorrência, perdendo meses em um embate burocrático, estamos contratando a segunda empresa colocada para firmar o contrato e iniciar, assim que o tempo permitir, o serviço de recuperação das vias.” Informou Junior Matuto.
Outro problema enfrentado pela gestão é pela falta de combustível para abastecer os caminhões e compactadores para a coleta do lixo, que está com acúmulo desde a semana passada. “Estamos ajudando a encontrar alternativas para que a empresa abasteça e regularize a coleta o mais rápido possível. Não é fácil uma gestão ter tantas obras estruturadoras a apresentar, resultado de convênios e captação de recursos com emendas parlamentares, e todo esse trabalho ser ofuscado por dificuldades burocráticas. É muito frustrante sentir a insatisfação da população por conta de serviços que nos preparamos para prestar e não conseguimos, por problemas que fogem a nossa vontade”. Desabafou o prefeito.
A gestão desde janeiro vem cuidando para preparar a cidade para o inverno com a limpeza dos canais. Dos 28 que cruzam a cidade, a prefeitura já limpou 18 canais, só faltando 10. Desde janeiro também, que a Prefeitura mapeou as ruas que precisavam receber a operação Tapa Buracos. Porém, a empresa vencedora não cumpriu com o acordo e inviabilizou a agenda planejada pela gestão.
O embate burocrático está na reta final, no mais tardar em 15 dias, a prefeitura deve colocar o serviço nas ruas, aproveitando cada momento de sol para ir realizando o trabalho de recuperação das principais vias. Paralelo à contratação da empresa que vai cuidar da Operação Tapa Buracos na cidade, a gestão também está firmando um convênio, através de emenda parlamentar, para iniciar uma ação de recapeamento em diversas vias públicas. A expectativa é de que esta segunda frente de recuperação viária comece em até 50 dias.
Além de todos os secretários municipais e executivos, a reunião contou com a presença dos vereadores Edinho, Fabiano Paes, Camelo do Seguro, Eudes Farias, Márcio freire e Vinícius Campos.

No Paulista, as escolas da rede municipal seguem sem aulas


As escolas da rede municipal de ensino do Paulista seguem sem aulas nesta terça-feira, 29.05. A decisão foi tomada depois de uma criteriosa avaliação por parte da Secretaria de Educação, quanto à mobilidade que ainda inspira preocupação, já que persistem as dificuldades para o deslocamento até as unidades de ensino.
“Neste momento precisamos nos preocupar com a integridade física dos 18.654 alunos e dos mil e quinhentos professores, diante das dificuldades de deslocamento, por conta da paralização dos caminhoneiros em todo o país, por isso, optamos não retomar as aulas nesta terça,” adiantou o secretário de Educação do Paulista Carlos Junior.
Passados estes momentos de dificuldades, será pactuada uma agenda de reposição de aulas para que os alunos não tenham nenhum prejuízo e recebam os conteúdos programados e a gestão cumpra com a determinação do Ministério da Educação, através da Lei das Diretrizes Bases da Educação Nacional, de aplicar os 200 dias letivos.  

Vans do Programa Segue Cuidando recebem combustível e serviço foi retomado



Mesmo diante da crise pela dificuldade de abastecimento, a Secretaria de Saúde vem mantendo os serviços essenciais para a população. Na tarde da segunda-feira (28.05), a população pode contar com a volta das vans do Programa Segue Cuidando, que realizam o transporte de pacientes para o tratamento de hemodiálise, quimioterapia e radioterapia. Os veículos foram abastecidas e o serviço voltou à normalidade. 

De acordo com a Secretaria de Saúde, o abastecimento foi possível por meio de uma negociação entre o município e a Secretaria Estadual de Saúde, para garantir que carros de urgência e carros que fazem o transporte de pacientes recebam combustível e possam continuar com os serviços. Com isso, a expectativa é de que já aconteçam algumas visitas aos pacientes nesta tarde, e à noite o Programa Segue Cuidando deve atuar de forma integral.

Ainda pela manhã desta segunda, equipes da Secretaria de Saúde do Paulista percorreram as unidades de saúde do município, e foi constatado que estão abertas para o acolhimento dos usuários. No entanto, o número de atendimento está comprometido devido ao fato de que muitos profissionais não estão conseguindo chegar a estas unidades.