Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Junior Matuto investe R$ 5,6 milhões na pavimentação e recapeamento asfáltico de 37 vias no Paulista


Um dos maiores pacotes de obras de pavimentação e recapeamento asfáltico do município já está beneficiando diversas comunidades do Paulista, na Região Metropolitana. Ao todo, 37 vias em 10 bairros serão contempladas com investimentos em infraestrutura urbana. O montante aplicado pelo prefeito Junior Matuto nessas intervenções alcança a cifra de R$ 5,6 milhões. A ação faz parte da parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal, através de Emendas Parlamentares.

Deste pacote de obras, 22 ruas serão recapeadas, enquanto 15 serão pavimentadas. O serviço vai beneficiar corredores viários importantes nos bairros, garantindo mobilidade e encurtando o tempo das viagens para quem depende do transporte público. O trabalho nessas vias será coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente. Os bairros contemplados são: Janga; Maria Farinha; Engenho Maranguape; Jaguarana; Jardim Paulista; Paratibe; Arthur Lundgren I e II; Vila Torres Galvão.

O prefeito do Paulista, Junior Matuto, revelou que contou com a ajuda de muitos parlamentares para tirar do papel esse importante pacote de obras. “Fizemos uma peregrinação pelos gabinetes dos deputados aqui do Estado para pedir ajuda. E conseguimos. Com essa crise toda, se a gente não buscar parcerias não sai do canto. Por isso, estou feliz em começar mais um grande pacote de obras na cidade, principalmente, porque essas melhorias vão dar ainda mais vida a vida das pessoas”, frisou.

Além dos serviços de pavimentação e recapeamento as asfáltico, o recurso oriundo dessa parceria com os parlamentares vai viabilizar a reforma da Praça Monte Castelo, na comunidade da Vila Torres Galvão. A obra, que já está em andamento, vai possibilitar a recuperação da quadra esportiva, implantação da pista de cooper e a instalação de gradil em trechos da área de lazer.

Secretaria do Paulista conta com brinquedoteca para oferecer atendimento humanizado


Além de garantir um bom serviço para os usuários, a nova sede da Secretaria de Políticas Sociais e Esportes do Paulista, localizada Avenida Prefeito Geraldo Pinho Alves, 222 em Maranguape I, conta com um espaço destinado para as crianças. O ambiente fica próximo à área de espera, deixando os pais tranquilos por estarem de olho nos pequenos durante o atendimento.
O vigilante, Márcio Carneiro da Silva, buscou a Secretaria e enquanto resolvia suas questões a filha brincava. “Vim resolver o Bolsa Família dos meus filhos e adorei a nova sede. Trouxe as crianças e assim que entramos no espaço tinha um pessoal para ficar com eles, para que eles se divertissem enquanto eu resolvia os problemas. Esse local é muito bom e vai ajudar muito as pessoas do Paulista”, enfatizou.
A jovem, Jenifer Martins, confiou os cuidados da sua filha à recreadora e com o auxílio dos funcionários capacitados pôde organizar seus dados na base do Cadastro Único. “Eu vim incluir minha filha no cadastro do Bolsa Família e precisei trazê-la. Achei o espaço muito bom para deixar as crianças, porque enquanto eu resolvo o problema, minha filha está lá se divertindo e ela nem sente o tempo passar”.
O secretário de Políticas Sociais e Esportes, Augusto Costa, comentou que o objetivo da brinquedoteca é oferecer um espaço lúdico para as crianças. “É um espaço para a criançada, onde temos uma recreadora para que a meninada brinque enquanto os responsáveis são atendidos, esse é só mais um detalhe de todo o espaço que estamos fazendo para servir melhor a cidade”.

Secretaria de Políticas Sociais e Esportes é alvo de elogios
Elogios é o que mais se escuta pelos corredores da nova sede da Secretaria de Políticas Sociais e Esportes do Paulista.  As pessoas que buscam os serviços prestados no local aprovaram a estrutura e o mais importante, o horário de atendimento foi ampliado, agora funciona das 7h30 às 15h30.
Com a mudança de endereço o atendimento ficou mais ágil, tranquilo e a espera mais confortável, já que o ambiente é climatizado, espaçoso e aconchegante. A nova sede foi pensada nos mínimos detalhes e com bastante carinho, tudo para acolher da melhor forma possível os usuários da Secretaria. 
Segundo o secretário de Políticas Sociais e Esportes, Augusto Costa, a nova estrutura facilita na realização de um atendimento humanizado. “Aqui temos buscado acolher muito bem e os usuários têm sentido essa diferença no atendimento dos nossos profissionais e no espaço físico, tudo para  que recebam um atendimento a altura deles”. 

Educação do Paulista tem destaque positivo no IDEPE


A Rede Municipal de Ensino do Paulista segue crescendo a cada dia. A educação da cidade foi destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (IDEPE). De acordo com os dados fornecidos pelo IDEPE, o município alcançou o índice de 4,55 no ano 2017 comparado ao ano de 2016, quando atingiu a marca de 4,1, no 5º ano referente aos anos iniciais. Já nos anos finais correspondentes ao 9º ano, a rede atingiu 3,64, quando no ano de 2016 alcançou a marca de 3,6.
Com este resultado, a Educação do Paulista mostra a cada dia o comprometimento dos professores com os alunos da rede, que vem avançando, tendo como resultados obtidos aumento nas notas dos estudantes, e investindo em formação continuada para os docentes.
IDEPE - Através de um conjunto de fatores que são analisados dentro das escolas, o IDEPE traça um panorama geral sobre a qualidade de ensino das redes públicas, focando principalmente na rede pública municipal e a rede pública estadual. A avaliação do desenvolvimento se dá quando as gerências das escolas recebem o resultado do ranking divulgado pelo IDEPE. Com isso, é realizado um trabalho diferenciado, especialmente nas escolas que tiveram o resultado baixo. Controlando, desenvolvendo projetos para a melhoria e incentivando os profissionais da educação.

Prefeitura de Timbaúba não acata direito de resposta de advogado de comerciante local

O clima na cidade de Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, é de indignação. Um comércio de tradição, de pai para filho, que há 35 anos existe no local, foi impedido de funcionar. O advogado da comerciante apresentou sua defesa, dentro do prazo estabelecido pela Secretaria de Serviços Urbanos, e não teve acesso ao direito de resposta, como consta na legislação. Sem ouvir as contraversões da comerciante, a Prefeitura emitiu ordem, mesmo sem dar importância à resposta, e homens da secretaria retiraram a barraca, sem nenhum consenso. Observou-se a falta de comunicação com a  Celpe, principalmente sua autorização, e a escassez dos equipamentos de segurança de trabalho (EPI), durante a chuva, no horário do almoço, às 11h. 

A falta de conciliação ocasionou em uma revolta na comunidade que citou a seguinte frase "porque não observam todos os outros estabelecimentos, que estão irregulares e não tem interesse em resolver a situação. A proprietária foi impedida há tempo de quitar o licenciamento urbano. Como isso pode acontecer?", criticou a comunidade local de Timbaúba.


A barraca não impediu a passagem do pedestre, deixava um espaço de mais de dois metros para o cidadão andar. Após o desrespeito a um comércio tradicional e familiar que funcionava por mais de três séculos, a proprietária Vanderlúcia Gomes da Rocha, questiona a retirada. "Isso é perseguição política. Todos sabem que apoio o deputado Marinaldo Rosendo e não mudo de opinião. Por causa disso, não é de hoje que venho sendo impedida de efetuar pagamentos no Departamento de Tributos da Prefeitura, isso me prejudica muito, inclusive para atualizar a minha licença de funcionamento", disse. 

"E agora, eles retiraram minha barraca, não ouviram minhas reclamações do meu impedimento de quitar minha licença, sem nenhuma atenção, e ainda, passei por uma humilhação ao arrancar meu comércio do local, sem antes dar o direito de resposta ao meu advogado - entregue no prazo estabelecido'', completou Vanderlúcia.

A vereadora Marileide Rosendo (Balazinha) critica a morosidade e falta de atenção da Prefeitura de Timbaúba. Segundo ela, o fato de o advogado da comerciante, até hoje, não receber o direito de resposta é um problema grave, desrespeito e falta de atenção ao cidadão. 

PREFEITURA REALIZA SERVIÇO SEM EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA (EPI)
A vereadora Balazinha observou a falta de orientação da equipe de Serviços Urbanos, principalmente por não conterem nenhum equipamento de segurança (EPI) para a remoção do espaço, podendo ocasionar muito acidente de trabalho ao servidor, que fez o serviço da retirada da barraca na hora do almoço e debaixo de chuva.

Ela analisou que não houve a presença da Celpe, no desligamento da energia, inclusive de técnico da empresa responsável, para acompanhar o trabalho. "A Prefeitura realizou a retirada sem a autorização da Celpe, um problema até grave, podendo ter até outros acidentes e risco de morte por choque elétrico, durante a chuva", criticou.

COMUNIDADE REVOLTADA POR FALTA DE RESPOSTA DA PREFEITURA 
Moradores que não quiseram se identificar denunciaram a atitude da Prefeitura. "É duvidosa a aplicação dessa lei funcionar apenas para Vanda (Vanderlúcia), pois todos os outros estabelecimentos estão funcionando nas calçadas normalmente, somente porque a proprietária tem um vínculo direto com o ex-prefeito da cidade Marinaldo Rosendo."


PREFEITURA
O Blog aguarda o posicionamento da Prefeitura de Timbaúba para publicar aqui nesta matéria, querendo ouvir todos os lados, além de saber de seus argumentos da Secretaria de Serviços Urbanos.


  

Fotos: Divulgação

Paulista promove Segunda Sexta Cultural com programação especial em comemoração ao Dia do Cantor


Nesta sexta-feira (13.07), é comemorado em todo o país o Dia do Cantor. Por essa razão, a programação da Segunda Sexta-feira Cultural deste mês vai ser dedicada à música. Diversos parceiros músicos do projeto vão abrilhantar a programação que tem tudo para ser um sucesso. O evento acontece no Plenário da Câmara dos Vereadores do Paulista, às 10h30.  
Além das atrações musicais, a programação do evento dedicado à cultura também vai ser repleta de declamações de poesias, versos, poemas e prosas que abordam o cotidiano, a natureza e a realidade do povo nordestino.
O projeto é uma iniciativa do escritor Amaro Poeta, em parceria com a gestão municipal, que tem como foco principal promover os artistas locais e dar espaço para que eles demonstrem seus trabalhos.
A Segunda Sexta-feira Cultural acontece sempre nas segundas sextas-feiras de cada mês e reúne músicos, educadores e artistas do Paulista. Todos podem participar e apresentar seus trabalhos seja poesia, poemas, livros ou algum trabalho musical.
Nesta edição os cantores e compositores Eli Vieira, Beto Mix e Davi do Forró serão as atrações principais. O Projeto também conta com a presença de Leda Santos, da Academia de Letras do Paulista.

Vigilância Ambiental de Olinda realiza pré-campanha de vacinação antirrábica

Por Alexandre Cavalcanti


O Centro de Vigilância Ambiental de Olinda (CEVAO) realiza nesta terça-feira (10.07), no Sítio do Cajá, no bairro do Fragoso, mais uma ação da pré-campanha nacional de vacinação animal antirrábica. A população animal na cidade é 46.817 cães e 8.860 gatos – perfazendo um total de 55.677.
Até o fim de julho os agentes do CEVAO vão visitar 13 bairros de Olinda para imunizar o maior número de animais. O objetivo é atingir no mínimo a meta de 80% definida pelo Ministério da Saúde na Campanha Nacional. Ano passado, Olinda alcançou 100% do número de cães e gatos mapeados pela Divisão de Zoonoses.
A Campanha de Vacinação Animal será realizada de forma integrada com outras ações, envolvendo diversos setores da Secretaria de Saúde de Olinda, a exemplo do Consultório na Rua, Atenção Básica e Políticas Estratégicas. O trabalho conta com ainda com a parceria de ONG’s que trabalham na proteção e defesa animal, como a AMIGOS PET, por exemplo, garantindo uma cobertura vacinal adequada, o que vai refletir na saúde e bem estar dos bichos, sem oferecer riscos a população.

Olinda abraça programa que previne abandono de recém-nascidos

Texto: Pedro Morais

Profissionais da rede de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Olinda participaram de uma palestra sobre o programa Acolher. Desenvolvida pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a iniciativa garante o direito da mulher que tem interesse de entregar o filho para adoção. O encontro foi realizado na manhã desta sexta-feira (6.7) no auditório da Policlínica João Barros Barreto, no Carmo, em Olinda.
As informações foram ministradas por duas representantes da Vara da Infância e Juventude de Olinda, a pedagoga Ana Verônica e a assistente social Sylvia Rocha. O programa envolve diversas instituições em torno do objetivo de prestar assistência social, psicológica e jurídica a toda mulher que manifeste o desejo de entregar sua criança para adoção.
O Acolher é um programa que atende o Estado, a partir da adesão voluntária do Sistema de Justiça e da Rede de Proteção de cada município. Os  principais objetivos consistem em evitar que crianças sejam postas em situação de risco (abandono, adoção ilegal, infanticídio e outras) e oferecer a assistência necessária para que a mulher e sua família reflitam e amadureçam a decisão de entregar o recém-nascido.
“Estamos informando aos profissionais como funciona o programa Acolher, pois a atenção básica é um local onde a mulher gestante ou puérpera chega com essa demanda. Informamos  os trâmites legais do encaminhamento da mulher à Vara da Infância para adoção”, explicou a pedagoga Ana Verônica, acrescentando que o programa não é de captação de crianças, mas de acolhimento da mulher para fazer a escolha de forma consciente.
“O programa também procura ajudar a mulher e seus familiares a compreender as consequências legais e emocionais do ato da entrega, sobretudo, dando apoio para minimizar os efeitos de pressões de ordem financeira, emocional, familiar, social, dentre outros, sobre sua decisão”, disse a assistente social Sylvia Rocha.
O gerente da Unidade de Saúde de Rio Doce 5ª Etapa, o enfermeiro Djalma Lima, falou da importância do trabalho. “Observamos que o Acolher busca esclarecer a nós profissionais os caminhos legais, sobretudo a mulher, quando ela resolve de forma espontânea entregar sua criança”, pontuou.
Para a coordenadora da Saúde da Criança de Olinda, a médica Alessandra Fam, é preciso antecipar as informações. “No planejamento familiar deve-se informar à mulher sobre esse tipo de opção de adoção, principalmente sobre a legalidade desse ato”, enfatizou.
Dentro dos preceitos do programa, ao tomar conhecimento sobre as razões do desejo da entrega da criança, o juiz providenciará para que a mulher seja a