Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Projeto Juventude Presente está com inscrições abertas

ursos profissionalizantes gratuitos para moradores das comunidades atendidas pelo Governo Presente

O Juventude Presente está com inoscrições abertas para cursos profissionalizantes no Recife, Jaboatão, Cabo, Paulista, Caruaru e Petrolina. O projeto se destina aos moradores, preferencialmente jovens de 15 a 29 anos, moradores de 50 comunidades vulneráveis atendidas pelo programa Governo Presente. Nesta primeira fase são oferecidas 15 mil vagas em capacitação profissional gratuita com até três meses de duração.

O programa, coordenado pela Executiva de Articulação Social Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), é a estratégia de prevenção à violência do Governo, no âmbito do Pacto Pela Vida, para garantir direitos e resgatar a cidadania em Pernambuco. Em parceria com escolas privadas conceituadas, os cursos de capacitação serão nas áreas de hotelaria e turismo, atendimentos a clientes, informática, assistente administrativo, operador de caixa e vendas.

A capacitação será de 16 a 20 horas, nos turnos da manhã e noite, em Recife, nas unidades de Afogados, Água Fria, Casa Amarela, Boa Vista e Nova Descoberta, Jaboatão dos Guararapes (Piedade e Prazeres), Paulista, Igarassu, Caruaru, Garanhuns, Cabo de Santo Agostinho, Timbaúba e Goiana, Camaragibe, Garanhuns e Petrolina.

As oficinas são a nova vertente do Governo Presente, que trabalham na mesma linha de prevenção social do programa, só que agora vamos chegar mais perto dos jovens. A ideia do projeto é incentivar o protagonismo juvenil e despertar o engajamento dele na sua comunidade, por meio das oficinas de conexão sociocultural, criando habilidades para a vida mesmo”, disse a secretária Mileane Aguiar, da Executiva de Articulação Social (SEART).

Inscrições - Para se inscrever nas oficinas, basta o jovem ter entre 15 e 29 anos e procurar a unidade descentralizada do Governo, uma das Estações do Governo Presente, localizadas em quatro bairros do Recife (Afogados, Cajueiro, Ibura e Santo Amaro), Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Paulista e Petrolina.



Serviço:
Inscrições do Projeto Juventude Presente
Quando: segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h, das 13h às 16h
Informações e inscrições: (81) 3183.0737/ 3183.0720 ou nas unidades abaixo:

LOCAL: ESTAÇÃO GOVERNO PRESENTE
Endereço
Telefone
EGP AFOGADOS
Rua Frederico Curió, 180 - Afogados - Recife/PE
Tel.: (81) 3183-1540/ 1545 / 1546
EGP CAJUEIRO
Rua Tenente Wanderley, 513 - Cajueiro - Recife/PE
Tel.: (81) 3183-7511/7512/7516
EGP IBURA
Rua São Francisco, 190 - Ibura - Recife/PE
Tel.:(81) 3183-7522/7527
EGP SANTO AMARO
Rua Visconde de Suassuna, 158 - Santo Amaro - Recife/PE
Tel.: (81) 3183-1530 / 3183-1533
EGP - JABOATÃO DOS GUARARAPES
(CRAS Jaboatão) Rua Maria Helena, s/n, Cajueiro Seco - Jaboatão dos Guararapes/PE
Tel.: (81) 3183-7530 / 3183-7534
EGP - GP CARUARU
Avenida Nossa Senhora de Fátima, 400 - Maurício de Nassau - Caruaru/PE – E-mail: gpcaruaru@gmail.com
Tel.: (81) 3719-9681/ 9684

EGP - PETROLINA
Avenida Honorato Viana, Nº 545 - Gercino Coelho - Petrolina/PE – E-mail: fatima_patriota@yahoo.com.br
Tel.: (87) 3866-9761/ 9763 / 9764
EGP - PAULISTA
Praça Emilio Russet, S/N, Bairro: Maranguape I, Paulista.PE - E-mail:mariajose.castro@sedsdh.pe.gov.br
Tel.: (81) 3183-1540/ 1545 / 3183-1546




Olinda vai fazer monitoramento online de frequência de estudantes cadastrados no Bolsa Família

Os alunos com baixa frequência escolar podem perder o benefício 

Beneficiários do Programa Bolsa Família devem ficar atentos às frequências dos filhos nas escolas. Nesta quarta-feira (18.07) a Secretaria Executiva de Assistência Social, em parceira com representantes do Cadastro Único e da Secretaria de Educação de Olinda, promoveu reunião com gestores e diretores da comunidade escolar, no auditório da Prefeitura de Olinda. Em discussão a importância da ata de presença dos alunos que têm direito ao programa. A novidade agora é que para agilizar o serviço de atualização dos dados, as secretarias estão capacitando os gestores a fazerem isso por meio do sistema online. O acompanhamento já era realizado periodicamente com uso da ata manual.


O objetivo é obter fiscalização uniforme e mais rápida. A informação sobre a assiduidade dos estudantes possibilita identificar possíveis situações de vulnerabilidade e de risco social, a partir do descumprimento da frequência escolar e verificar se está ocorrendo algum problema no ambiente familiar.
De acordo com dados da Secretaria de Educação, dos quase 28 mil alunos que são beneficiários do Bolsa Família e estão matriculados nas unidades de ensino da rede federal, estadual, municipal e privada de Olinda, cerca de dois mil estão com situação irregular. Seja por não ter continuidade nas escolas ou por questões de falta de dados à Prefeitura ou por outros motivos. 
Para os estudantes de 6 a 15 anos é cobrada a frequência mínima de 85%, já para adolescentes de 16 e 17 anos, a mínima é de 75%. "Esse tipo de capacitação é fundamental para atualizar as informações. Até porque se os pais e responsáveis não buscarem regularização podem perder o benefício, já que é um dos critérios para receber o Programa", destacou a secretária executiva de Assistência Social, Mônica Ribeiro.
"Estou achando boa e esclarecedora a capacitação. Eu assumi há pouco tempo a secretaria da Escola Estadual Themistocles de Andrade e não tinha total conhecimento sobre isso", destacou Sandra Silva.
Quem ministrou a capacitação foi uma analista de Gestão Educacional e representante da equipe técnica da Coordenação da Educação do Bolsa Família, Ana Maria Coutinho.
DADOS
Existe atualmente em Olinda um total de 240 escolas das redes municipal, estadual, federal e particular.

Férias escolares: atenção aos olhos nas férias e cuidado na volta às aulas

Oftalmologistas fazem alerta aos pais neste mês de julho


Época de férias, videogames, viagens e brincadeiras na praia, julho é um mês agitado para a criançada. O período de recesso escolar, porém, pode causar impacto no desempenho no retorno às aulas, por conta de possíveis problemas nos olhos. Uma vista com adversidades pode ser confundida com déficit de atenção na hora de entender a explicação do professor da escola, por exemplo.
Para a oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura, Alexandre Ventura, ficar muito tempo em frente à TV, celular ou videogame pode causar síndrome do olho seco, miopia e até lesão na retina. Segundo Alexandre, para evitar problemas, o indicado é utilizar colírios lubrificantes com orientação médica, reduzir a luz dos equipamentos e diminuir o tempo de uso.
“Muitas vezes um animal de estimação vai estimular novas atividades longe do celular, pode ser também uma leitura de um livro, brincadeiras antigas como pega-pega, esconde-esconde, enfim, opções variadas além dos tecnológicos. Se você libera seu filho a ter um uso excessivo de celular, muito provavelmente ele vai precisar usar um óculos”, ressaltou Ventura.
Já para a oftalmologista pediatra do IOFV Kátia Duarte, a saúde dos olhos muitas vezes é confundida com outros problemas quando as crianças voltam às aulas. Antes de rotular o jovem com déficit de atenção ou preguiçosa, é importante submete-lo a exames oftalmológicos.
“O aluno pode se tornar disperso pelo simples fato de não conseguir ver o quadro, então ela vai querer brincar, conversar, mas não vai querer copiar as coisas escritas na lousa, já que não são nítidas ao olho delas”, explicou a médica.

Paulista promove formação para as merendeiras da rede municipal de ensino

O Centro de Formação de Professores do Paulista será palco de uma formação voltada as merendeiras da rede municipal de ensino. A iniciativa, que acontece nesta quinta-feira (19.07), visa orientar as profissionais sobre questões de higiene, elaboração do cardápio, manipulação e conservação dos alimentos, além da distribuição correta dos pratos.