Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista abre período de renovação e novas matrículas para o curso de Libras

Nesta quinta (09) e sexta-feira (10.08), a Secretaria de Educação do Paulista realiza a renovação das matrículas dos alunos veteranos do curso de Libras do Projeto EDUCALIBRAS nos módulos Básico II e Intermediário.


Já para aquelas pessoas que têm interesse em fazer a Língua Brasileira de Sinais (Libras), as inscrições vão acontecer nos dias 29,30 e 31 de agosto. Para realizar a matrícula, os interessados devem levar uma foto 3x4, cópias do RG e do comprovante de residência.
As inscrições dos veteranos e novatos acontecem no Centro de Formação, localizado na Rua Edson Borges, no bairro da Aurora, no horário das 9h às 16h.

Serviços de apoio à mulher vítima de violência podem ser encontrados em Paulista

Sancionada em 07 de agosto de 2006, a Lei Maria da Penha completou 12 anos, nesta última terça-feira (07.08). Em meio a vários crimes cometidos contra as mulheres, a legislação desempenha um papel importante para a proteção dos direitos femininos, ao endurecer a punição por qualquer tipo de agressão no ambiente doméstico e familiar.


De acordo com o Ministério dos Direitos Humanos (MDH), que administra a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, o Ligue 180, foram registradas no primeiro semestre deste ano quase 73 mil denúncias. O resultado é bem maior do que o registrado em 2006 (12 mil), primeiro ano de funcionamento da Central.
As principais agressões denunciadas são cárcere privado, violência física, psicológica, obstétrica, sexual, moral, patrimonial, tráfico de pessoas, homicídio e assédio no esporte. As denúncias também podem ser registradas pessoalmente nas delegacias especializadas em crime contra a mulher.
Através da Lei Maria da Penha, o Código Penal passou a prever estes tipos de agressão como crimes, que geralmente antecedem agressões fatais. O código também estabelece que os agressores sejam presos em flagrante ou tenham prisão preventiva decretada se ameaçarem a integridade física da mulher.
Em Paulista, as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar podem procurar ajuda no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM). A unidade conta com uma equipe multidisciplinar que oferece apoio psicológico, jurídico e assistência social, e funciona na Rua Santa Tereza, número 384, no bairro da Aurora. Além dos serviços oferecidos pela gestão municipal, elas também devem se dirigir à Delegacia da Mulher, que fica no Complexo de Segurança Pública, no Centro da cidade.

Fonte: Agência Brasil
Foto: Empresa Brasileira de Comunicação (EBC)

Estudantes do Paulista contemplam exposição em preservação ao meio ambiente

Uma exposição sobre a preservação ao meio ambiente tem chamado à atenção de quem passa pela Avenida Marechal Floriano Peixoto, no Centro do Paulista. É que no pátio da Secretaria de Educação do município esta acontecendo à exibição da mostra “Narrativas de Resiliência”. Os painéis com imagens estão à disposição do público em geral que queira dar uma conferida na iniciativa.
As fotos foram realizadas num curso de férias que aconteceu no mês de janeiro, e contemplou jovens com até 17 anos matriculados na rede municipal de ensino. As escolas municipais que foram agraciadas pela ação foram a Dra. Gêlda Amorim, Maria Luiza Pessoa de Andrade ambas de Paratibe, e Heinz Hering, de Jardim Paulista Alto.