Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

População aprova ação integrada de cidadania no bairro da Mirueira



Quem compareceu nesta quarta-feira (12.09) ao Grupo Escolar Frei Guido, no bairro da Mirueira, aprovou a ação integrada de cidadania organizada pela Prefeitura do Paulista e o Governo do Estado. O público teve acesso a diversos serviços gratuitamente e sem burocracia, tudo bem perto de casa. Essa ação já ocorreu nos bairros de Maranguape I e Jaguarana. A expectativa é de que beneficie outras comunidades do município.

Por onde tem passado, a ação integrada de cidadania tem disponibilizado serviços de saúde, assistência social, mobilidade e transporte, orientação jurídica e atendimento da Celpe e do DETRAN. A ideia da ação é facilitar o acesso da população, especialmente, àquelas pessoas que residem em localidade com maior índice de vulnerabilidade social.

O auxiliar de pedreiro Nivaldo de Souza, que reside na Mirueira há vários anos, aproveitou a oportunidade para tirar o CPF pela primeira vez. “Minha esposa sempre me incentivou a tirar esse documento, mas como eu nunca precisei não corri atrás. Agora acordei para vida e decidi procurar aqui a escola. Adorei tudo aqui porque não teve confusão. E o melhor é que também deu tempo de tirar o Cartão SUS. Estou muito feliz”, destacou.

A doméstica Mônica Silva conseguiu pegar uma das 100 fichas distribuídas pela Secretaria de Defesa Social para emissão do RG. “O meu documento estava muito desgastado, por isso, resolvi tirar outra via. Estou bem feliz porque deu pra resolver tudo perto de casa. A nossa comunidade precisava mesmo de uma ação como essa”, defendeu a moradora do bairro.

Além dos serviços de RG, CPF, Cartão SUS, a população teve acesso a exame de mamografia, aferição de pressão, atendimento médico, e com nutricionista e fisioterapeuta; cadastramento e recadastramento do Bolsa Família/CadÚnico, Carteira Interestadual do Idoso, Vem Livre acesso, Encaminhamento de 2ª Via de Certidão de Nascimento e Orientação para Concessão de BPC; orientações de prevenção à violência contra à mulher.

A secretária de Saúde do Paulista, Fabiana Bernart, explicou que essa parceria entre a Prefeitura e o Estado tem ajudado bastante a população que mais precisa. “A ação integrada de cidadania tem por objetivo levar os serviços para dentro dos bairros, especialmente, àqueles que possuem maior índice de vulnerabilidade, para garantir acesso as pessoas da comunidade. Esse tipo de ação, inclusive, evita que o morador tenha que visitar mais de um local para resolver uma questão de documentação ou fazer um exame de saúde, por exemplo”, disse.

O secretário de Políticas Sociais e Esportes do Paulista, Augusto Costa, destacou que esse tipo de ação, além de beneficiar a população, fortalece o papel da gestão municipal. “Nosso prefeito Junior Matuto tem cobrado dos seus secretários a realização de ações integradas como esta. Então quando temos a oportunidade de participar de momentos como esse não pensamos duas vezes. E o melhor de tudo é que esse tipo de serviços em parceria é bom para todo mundo”, frisou.     

Participaram também da ação integrada de cidadania na Mirueira profissionais das secretarias de Educação; Mobilidade e Transportes; Segurança Cidadã e Defesa Civil; chefia de Gabinete do Prefeito; e a Executiva de Políticas para as Mulheres.

Em parceria com o Mutirão do Janga, Paulista realiza ação em alusão ao Dia Mundial da Limpeza

Próximo sábado (15.09) é o Dia Mundial da Limpeza. A iniciativa que vai envolver 150 países, visa alertar a população quanto ao descarte incorreto de lixo. Para marcar a data, a prefeitura do Paulista vai apoiar a iniciativa da ONG Mutirão do Janga, promovendo toda a coleta de sujeira que for encontrada na praia, no trecho próximo ao Bompreço. A ação vai contar com 40 pessoas, atuando de 08 às 12h, mas antes acontece um café da manhã e palestra com orientações para a preservação do meio ambiente.


Serviço:
O quê: Dia Mundial da Limpeza
Quando: Sábado, 15 de Setembro
Horário: Das 08h às 12h
Onde: Janga, próximo ao BomPreço

Programa Leite de Todos beneficia cerca de 300 famílias no Paulista

Dona Ivonete Severina, 45 anos, participa há 4 anos do Programa Leite de Todos, uma ação do governo do estado, abraçada pela Secretaria de Políticas Sociais e Esportes do Paulista. Nesta terça-feira (11.09), além de Dona Ivonete, cerca de 30 famílias estiveram presentes no Cras V, localizado no bairro da Conceição, para participarem de um encontro, que além de falar sobre o Programa, foi composto por palestras que abordaram a ação do Setembro Amarelo.


“Acompanho sempre as reuniões que acontecem, uma vez por mês, aqui no Cras V. O Programa é muito bom porque nos oferece uma bebida, o leite, que serve para muitas coisas. Eu aproveito muito bem o produto e uso em várias receitas. Meus filhos adoram e eu fico bastante feliz porque sei que eles estão bem alimentados”, completou Dona Ivonete.
A dona de casa, Simone Vieira, 35 anos, tem três filhos e destacou a importância de ter descoberto essa ação. “É muito bom saber que a Prefeitura do Paulista, junto com o estado, se preocupam com nós, pessoas mais carentes. Hoje, além de receber meu leite, também estou ansiosa para assistir a palestra sobre o Setembro Amarelo, pois o tema é muito interessante e nos ajuda a alertar outras pessoas.
“As reuniões no CRAS V acontecem uma vez por mês, onde discutimos os problemas da sociedade como um todo. As famílias aqui presentes são cadastradas no Programa de Proteção e Atenção Integral à Família (PAIF), beneficiadas pela iniciativa Leite de Todos. Atualmente 219 famílias da nossa cidade participam da ação e nosso intuito é continuar trabalhando para contemplar mais pessoas. Hoje, além deles receberem o leite e ficarem por dentro de como funciona o projeto, vão participar também de palestras sobre o Setembro Amarelo, voltado a prevenção do suicídio", ressaltou o secretário de Políticas Sociais e Esportes do Paulista, Augusto Costa.    
SOBRE O PROGRAMA - O ‘’Leite de Todos’’, do Governo do Estado, busca reduzir as deficiências nutricionais da população carente da região, através da doação de 1 litro de leite fluido pasteurizado. Atualmente, 159 municípios estão sendo atendidos. Participam do programa crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses e idosos acima de 60 anos também podem se cadastrar no projeto. A prioridade é que pertençam a famílias com renda mensal de até 1/4 de salário mínimo per capita.

Na Rota do Conhecimento, projeto expande ensinamentos na rede municipal de ensino do Paulista

Vivenciar as histórias ensinadas em sala de aula de uma maneira diferente. É isso que a Secretaria de Educação do Paulista vem fazendo com os alunos da rede. A ação é do projeto “Rota do Conhecimento” que tem levado os estudantes para aprenderem fora da sala de aula.
O projeto, que já está em sua segunda versão, seguiu na manhã desta terça feira (11.09) com uma visita para Embaixada de Bonecos Gigantes, no Recife Antigo. Os alunos das escolas Manoel Gonçalves e Cônego Costa Carvalho, em Maranguape I, Brigadeiro Aldo Pinho Alves, no Engenho Maranguape e Professora Maria Conceição da Paz, que fica em Maranguape II, estiveram em um ambiente cultural, dentro da proposta que contempla também espaços históricos e naturais.
Só nesse ano, 230 alunos já foram levados para conhecer alguns espaços que agregam aos ensinamentos dados em sala de aula. Na visita de hoje, 105 alunos puderam explorar e conhecer a história da Embaixada na prática, tendo noção de sua origem e a importância do espaço para economia e cultura local.
Com a necessidade de alimentar a curiosidade e o desejo dos alunos para com a escola, o coordenador do Ensino Fundamental Anos finais, Inaldo Ferreira, salientou a importância dessas aulas práticas. “Concretizar a visão que eles têm nos livros, através desses espaços é gratificante, porque eles se espelham na leitura e quando chega ao local vivenciam na prática. É enriquecimento cultural, histórico natural de pertencimento que os alunos concretizam dentro do espaço real”, afirmou.

 A rota do conhecimento já beneficiou 750 alunos, só na primeira versão. As aulas extras são feitas com estudantes do 6º ao 9º ano e EJA, as visitas acontecem duas vezes em cada mês. Cerca de 20 escolas participaram dessa rota de aprendizagem, que segue até dezembro, com agendas para Paço do Frevo e Cais do Sertão.