Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Professores do Paulista participam do XVI Congresso Internacional de Tecnologia na Educação

Os professores da Rede Municipal do Paulista participam XVI Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, organizado pelo Fecomércio/Sesc/Senac. O evento começa nesta quarta (19.09) e segue até sexta-feira (21.09), no Centro de Convenções, em Olinda.


Ao todo, 120 profissionais, dentre eles, representantes das escolas, gestores supervisores e técnicos da Secretaria Municipal de Educação, que vão participar de palestras, oficinas, feira itinerante e exposição de trabalhos acadêmicos.
Emanuel Souto, secretário executivo de Educação, destaca a importância dos professores municipais no congresso, que é considerado um dos mais importantes na área. “Buscamos sempre encaminhar nossos profissionais para os eventos que promovem aprendizado e crescimento na área educacional. Já é uma prática da gestão realizar a inscrição dos nossos representantes”, disse.
O XVI Congresso Internacional de Tecnologia na Educação contará com 30 palestras e oficinas ministradas por profissionais de destaque na área de educação no Brasil, Canadá e Espanha.

Agência do Trabalho do Paulista oferece cinco vagas nesta terça

Nesta terça-feira (18.09), a Agência do Trabalho do Paulista oferece vagas para:  desenhista industrial de produto de moda (designer de moda) (1), estampador de tecido (1), e mecânico de automóvel (1).
Para todas elas é necessário o candidato ter seis meses de experiência na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e Ensino Fundamental completo. Os salários não foram informados.

Para as pessoas com deficiência, a vaga é para operador de caixa (2) com seis meses de experiência e Ensino Médio completo. O salário não foi informado.
Os interessados em concorrer a uma das vagas devem se dirigir à Praça Frederico Lundgren, s/n, no Centro. O atendimento ao público acontece de segunda a sexta, das 07h às 13h. Estas vagas são sujeitas as alterações no decorrer do dia. Para outras informações entrar em contato com a Central de Vagas: 3183-7201.

Paulista participa do III Encontro Estadual dos Agentes de Trânsito do RN

Criado para promover uma troca de conhecimentos entre os profissionais dos orgãos de trânsito do país, o Encontro Estadual dos Agentes de Trânsito do RN chegou à sua III edição, na última sexta-feira (14.09), em Natal no RN. Oito estados do Brasil marcaram presença no evento, incluindo Pernambuco, que foi representado por Paulista.


Como já era de se esperar, os agentes de trânsito aproveitaram a iniciativa para expor situações vivenciadas durante a carreira. Os profissionais analisaram alguns projetos de lei que estão em tramitação no Congresso Nacional e debateram diversos temas atuais presentes no cotidiano da profissão, como o uso do talonário eletrônico, e a padronização nacional do uniforme.
Outro tema relevante abordado durante o encontro foi o crescimento no número de casos que envolvem agressões físicas contra os agentes. O assunto trouxe à tona a sensação de insegurança vivida por alguns profissionais e a certeza de que providências devem ser adotadas para a mudança do quadro.
De acordo com o coordenador de Educação para o Trânsito do Paulista, Ícaro Barbosa, a integração promovida pelo encontro ajuda a aperfeiçoar o serviço prestado aos usuários. “Analisando o trabalho de outros municípios podemos identificar mecanismos interessantes que possam vir a serem implementados em Paulista. A troca de conhecimentos agrega muito nesse sentido. Podemos adaptar, a nossa realidade, algumas coisas que vêm dando certo e descartar o que não vem obtendo êxito”, destacou.
O III Encontro Estadual dos Agentes de Trânsito do Rio Grande do Norte é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Natal e a Associação dos Agentes de Trânsito do Brasil (AGT Brasil). De acordo com a organização do evento, mais de 150 profissionais participaram da iniciativa.

Uso de medicamento sem prescrição é um perigo disfarçado de resultados


Visto como uma solução rápida, a automedicação pode se tornar um grande perigo para saúde. Ir até uma farmácia pedir por remédios que não precisam de receitas, ou até mesmo pegar aquele comprimido na gaveta de casa, pode custa muito mais que o tempo que seria necessário para procurar um médico.

O número um responsável por quase metade da medicação sem prescrição médica é a “dor de cabeça”. Ela pode ser gerada por vários fatores, e aparecer em repentinos momentos, o que faz alguém sempre ter um medicamento para problema na bolsa. Além de ser errado, o uso continuo de remédio pode mascarar o diagnóstico correto. As dores de cabeças constantes podem ser sinais de outros problemas, sejam neurológicos ou crônicos, por isso, é necessário ir ao médico para que seja identificada a causa.

É querendo sanar a doença com mais rapidez, pois, quem tem dor tem pressa, que o Brasil se tornou o recordista mundial de automedicação, pesquisas apontam que mais de 72% da população tomam remédios por conta própria. Como é necessário identificar o que está resultando um desconforto ou até mesmo uma dor local, é que 40% utilizam da internet para autodiagnostico, algumas pessoas simplesmente descrevem seus sintomas, e recebem além do diagnósticos a medicação necessária para a solução do caso.

O top cinco dos remédios mais usados é: analgésicos, anti-inflamatórios, antialérgicos antibióticos e ansiolíticos. O perigo estar na intoxicação por medicamentos, além ainda de esconder uma doença importante, e isto podem gerar consequências muito graves, desde efeitos colaterais mais comuns, como uma cefaleia, náuseas, diarreia, vômitos, reações alérgicas à insuficiência respiratória, parada cardíaca e morte. 

É preciso sair do ciclo da autoprescrição, não apenas os remédios vendidos em farmácias são considerados automedicação, mas aqueles indicados de formas “naturais” podem consistir de algum tipo de ervas ou misturas que podem afetar seu organismo. Não esqueça: você não é médico e nem qualquer pessoa ou ferramenta da internet é medico. 

Sempre procure um médico para tirar suas duvidas sobre medicamentos, se a dor ou desconforto forem algo persistente, a consulta serve como orientação para os tipos, doses além de períodos em que serão utilizados os remédios. Se caso for uma necessidade de urgência, a principal escolha ainda deve ser as emergência de hospitais.