Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Mulheres da comunidade Chega Mais podem fazer mamografia gratuita nesta quinta (11)

O exame de mama deve ser feito a partir dos 40 anos. É muito importante que o autoexame seja realizado uma vez por mês, sempre após o aparecimento da menstruação ou em uma data fixa nas mulheres que já não têm menstruação, para que a região mamária seja conhecida e caso algum nódulo apareça a pessoa consiga identificar o corpo estranho no local.

Nesta quarta-feira (11.10), a unidade móvel do programa Amigo do Peito estará na Unidade de Saúde da Família (USF) Chega Mais, localizada na Rua Portugal, 55, no Loteamento Conceição. O público feminino da comunidade tem pode fazer o exame da mamografia de forma gratuita. A ação faz parte da Campanha Outubro Rosa.


Anualmente, a Secretaria de Saúde se engaja na iniciativa que busca conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama, o que aumenta a chance de cura e, consequentemente, a diminuição de mortes por conta da doença.  

Confira a programação:

11.10 – USF Chega Mais, Rua Portugal, 55 Loteamento Conceição;
15.10 – USF Arthur Lundgren I, Rua Carpina, Nº185 Arthur Lundgren I;
19.10 – Ação Secretaria da Mulher, Rua Tertuliano Da Silva, S/N, em Frente Ao Mercado De Paratibe;
26.10 –USF São Pedro Pedalada Rosa, Rua Do Machado, 185 Janga.

Construção de sistema de drenagem vai livrar moradores da Vila Torres Galvão de alagamentos

A Secretaria Executiva de Serviços Públicos do Paulista está realizando uma obra na Rua Pedro Alvares Cabral, na Vila Torres Galvão, que vai livrar a população de alagamentos. É que ao longo da via está sendo construído um sistema de drenagem para o devido escoamento da água que ficava empoçada. Por ser baixo, o local recebe todo o volume das partes mais altas da comunidade. Até uma igreja evangélica que funcionava na rua estava ficando sem poder receber os fiéis para o culto semanal. 

A situação está sendo resolvida com a implantação de caixas de galeria e instalação de 80 manilhas com 60 cm de diâmetro cada. As manilhas vão levar a água até um canal que corta a comunidade, minimizando os transtornos para a população. O serviço, que deve ser finalizado nos próximos dias, está sendo tocado pela equipe de obras da secretaria executiva.

O morador e membro da igreja Assembleia de Deus que funciona na via, Draílton de Souza, 46 anos, está muito satisfeito com a ação da prefeitura no local. “Depois que esse serviço começou por aqui a gente está bem mais tranquilo. Na última vez que a água empoçou na rua a nossa igreja foi inundada. É tanto que tem quase um ano que o nosso culto está sendo na casa da minha irmã. Vamos aproveitar esse tempo para fazer uma reforma no templo. Graças a Deus a situação está sendo resolvida”, comemorou.


Além de construir novos sistemas de drenagem nas vias, a equipe da Secretaria Executiva de Serviços Públicos recupera as galerias e realiza a manutenção/desobstrução das manilhas existentes. Atualmente, a gestão municipal mantém um trabalho diário nas comunidades, realizando esse tipo de ação.