Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

ONU chama pessoas a celebrar os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

A alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, convocou nesta semana governos e cidadãos de todo o mundo a celebrar os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, organizando eventos próprios ou participando de ações nas redes sociais.
“Peço com urgência que todos usem o 70º aniversário da declaração universal para refletir sobre o que os direitos significam e pensar em meios pelos quais nós possamos ativamente se manifestar pelos direitos e não apenas por nós mesmos, mas por todos”, disse Bachelet.
A Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 70 anos em 2018. Frame do filme “A Declaração Universal dos Direitos Humanos”. Imagem: ONU


Servidores do Paulista já podem sacar salário de outubro

Os aposentados e pensionistas da Prefeitura do Paulista já podem sacar nesta quinta-feira, (08.11), o salário referente ao mês de outubro.
A folha dos inativos – onde estão inseridos aposentados e pensionistas – também já foi paga. A liberação ocorre sempre no 3º dia útil de cada mês. Já os servidores ativos recebem no 5º dia útil. Somando as duas folhas de pagamento, ativos e inativos, serão injetados em torno de 10 milhões de reais na economia da cidade.
Ao longo dos últimos anos a gestão vem pagando os salários dos servidores municipais sem atrasos. A gestão do prefeito Junior Matuto, apesar da crise econômica, não mede esforços para manter em dia o pagamento da folha. 

Educação do Paulista promove Seminário de Psicologia para os profissionais da rede

Pensando no bem estar dos profissionais da Rede Municipal de Ensino, a Secretaria de Educação do Paulista promove, nesta sexta-feira (09.11), o Seminário de Psicologia.
O evento acontece no auditório do SENAC, localizado em Jardim Paulista Baixo, a partir das 8h, com a presença do psicanalista Lúcio Mário Silva que abordará o tema: Psicodinâmica do Trabalho Docente – Saúde Mental do Professor.

A iniciativa visa oferecer aos professores, gestores, secretários, orientadores escolares um momento para refletir sobre a saúde mental e a contribuição para o desenvolvimento em sala de aula e na vida social.
Serviço:
O quê – Seminário de Psicologia;
Quando – Sexta-feira (09.11), a partir das 8h;
Onde – SENAC, Av. Vice Prefeito José Rodrigues Costa Filho, nº 30, Jardim Paulista Baixo.  

“O que o povo espera de um político não é emprego, mas serviço prestado”, dispara Junior Matuto

Durante o evento de entrega da Praça Monte Castelo, no bairro da Vila Torres Galvão, o prefeito do Paulista, Junior Matuto, fez questão de reforçar que apesar da crise financeira que limita os investimentos públicos a gestão municipal continua empenhada para honrar todos os compromissos assumidos com o povo da cidade. Aproveitando a presença dos moradores da localidade, colaboradores da prefeitura e vereadores, o gestor disse na noite desta quarta-feira (07.11) que vai manter o foco no trabalho para seguir mudando a vida das pessoas, como tem ocorrido nos quatro cantos do município.



“O que o povo espera de um político não é emprego, nem espaço no governo, mas serviço prestado. Tem que ter trabalho, e trabalho que mude o dia-a-dia das pessoas. E esse equipamento público aqui é um exemplo disso. Hoje percebi no semblante de cada morador, de cada criança que usa essa praça, o quanto isso é importante e vale à pena. É tão bom poder colocar a cabeça no travesseiro e saber que cada dificuldade, cada obstáculo, a gente vence com muito trabalho e dedicação”, revelou o prefeito Junior Matuto.

Paulista guarda espaço geológico que é patrimônio mundial

Se a gente te disser que um meteoro caiu no Golfo do México há milhares de anos e um fragmento desse impacto veio parar aqui em Paulista você acreditaria? Pois é. Tenho certeza que não vai acreditar e ainda vai achar que se trata de uma “Fake News”. Mas, por incrível que pareça, essa história realmente é verdadeira. E se você ainda tem dúvida é bom ir logo acreditando porque nesta quarta-feira (07.11) foi oficialmente inaugurado o Geossítio K-Pg Mina Poty, onde está guardado registros únicos no país que evidenciam a queda desse asteroide, marcando o fim da era dos dinossauros na terra.

As solicitações de visitas deverão ser encaminhadas ao e-mail: geossítio.poty@vcimento.com.



Esse patrimônio natural de relevância global fica nas terras da fábrica de cimentos Votorantim, no bairro da Poty. Com aproximadamente 65 mil metros quadrados, o espaço foi dividido em quatro exposições geológicas, que, agora, passam a receber visitas e estudos de universitários e pesquisadores, proporcionando a oportunidade do conhecimento sobre a rica história geológica que Paulista abriga. As primeiras aulas no local já começam nesta quinta-feira (08.11) com alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Confira as oportunidades de emprego na Agência do Trabalho do Paulista nesta quinta-feira

Fique ligado nas vagas de emprego na Agência do Trabalho do Paulista nesta quinta-feira (08.11). As oportunidades são para cortador de roupas (1) e auxiliar de corte (preparação da confecção de roupas) (1), essas com escolaridade não exigida.
Tem também para supervisor da confecção de artefatos de tecidos, couros e afins (1) com Ensino Médio completo. Para todas elas, o candidato precisa ter seis meses de experiência na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Os salários não foram informados.

Para pessoa com deficiência tem as seguintes vagas: vendedor interno (3) e auxiliar de linha de produção (5) com experiência não exigida. Para as demais é necessário ter seis meses de experiência e Ensino Fundamental e Médio completo. A remuneração não foi informada.
Os interessados em concorrer a uma das vagas devem se dirigir à Praça Frederico Lundgren, s/n, no Centro. O atendimento ao público acontece de segunda a sexta, das 07h às 13h. Estas vagas são sujeitas as alterações no decorrer do dia. Para outras informações entrar em contato com a Central de Vagas: 3183-7201.

Presidente da República se reúne com Jair Bolsonaro para discutir transição

Por Presidência da República

Primeiro encontro entre Michel Temer e o vencedor da disputa presidencial teve entrega de documentos e declaração conjunta


Ministros do atual e da nova administração participaram do encontro com Temer e Bolsonaro - Foto: Alan Santos/PR


Com entrega simbólica das chaves do gabinete de transição e de dados do governo, o presidente da República, Michel Temer, reuniu-se nesta quarta-feira (7) com o deputado federal Jair Bolsonaro, eleito para a Presidência no pleito de outubro passado. 

Após o encontro, em uma declaração conjunta à imprensa, Temer relatou que ofereceu colaboração ao presidente eleito e que o convidou para possíveis viagens para fóruns e eventos internacionais. Entre os compromissos estão a reunião do G20, o grupo das 20 maiores economias do mundo, na Argentina.


“Estamos dispostos naturalmente a colaborar intensamente, não apenas formalmente, mas de forma verdadeira”, afirmou Temer. “E até pedi a sua excelência que nos mandasse eventuais projetos que ainda estejam em andamento na Câmara, sobre os quais haja interesse”, disse.

Segundo a esquerda, "De costas para trabalhador, Bolsonaro acaba com Ministério do Trabalho"

“Incorporar a qualquer ministério a pasta do Trabalho significa que o governo Bolsonaro não dará relevância para o problema do desemprego. Não teremos um ministério para tratar de políticas públicas que gerem emprego e renda”, declarou o jornalista Marcos Verlaine, do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Divanilton Pereira, dirigente da CTB, afirmou que, na prática, incorporar significa acabar com o ministério do Trabalho.



Por Railídia Carvalho

Do Portal Vermelho

A candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad, Manuela d’Ávila repercutiu nas redes sociais o fim do Ministério do Trabalho. “Bolsonaro confirma que extinguirá o Ministério do Trabalho. No Brasil do trabalho sem direitos, dos milhões de desempregados e do trabalho escravo que persiste, julgam o ministério desnecessário. Que tempos estamos vivendo!”.

O Brasil tem atualmente 12 milhões de desempregado, de acordo com Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Se cada desempregado tiver mais duas ou três pessoas dependendo dessa renda teremos, a grosso modo quase 40 milhões de pessoas subsistindo com grande dificuldade porque não tem renda fixa e nem perspectiva de futuro”, completou o consultor do Diap. 

Bolsonaro deve retirar direitos que escaparam de Temer
“O programa antinacional e antitrabalho do Bolsonaro só agora terá que ser explicitado publicamente. Por isso ele fugiu dos debates, pois nestes, suas máscaras cairiam. A incorporação do MTE a “quaisquer” outros Ministérios é uma forma disfarçada para a sua extinção”, afirmou Divanilton ao Portal Vermelho.

De acordo com o dirigente da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), o ministério do Trabalho mesmo com limitações estruturais recentes, atua para minimizar as condições de desigualdade entre o capital e o trabalho. “O atual Governo busca remover todas as formas, regulações e estruturas sindicais que protejam os assalariados que vivem do trabalho”, alertou o sindicalista. 

Jandira: "Nos preocupa muito se a Constituição será preservada"

Direto de Brasília, a deputada federal (PCdoB-RJ), Jandira Feghali comentou sobre como foi a sessão solene que homenageou os 30 anos da Constituição brasileira, em Brasília.

Para ela, é temerário que neste cenário político, com a vitória de Jair Bolsonaro, a Constituição seja realmente respeitada. Nos preocupa muito se a Constituição será preservada apesar do discurso público de respeito à Constituição, disse Jandira.
A parlamentar lembrou que diversas emendas constitucionais já aprovadas nestes últimos 30 anos que modificavam os direitos já antes resguardados e tantas outras lutas que travaram no Congresso para preservar até mesmo cláusulas pétreas. “Na verdade, neste histórico alguns direitos não têm sido muit