Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Câmara de Paulista denomina o nome do RADIALISTA EDVALDO MORAIS a uma Escola

Nesta quinta-feira (22.11) foi aprovado na Câmara de Vereadores de Paulista, projeto de Lei que denomina o nome do RADIALISTA EDVALDO MORAIS a uma Escola do ensino  fundamental no bairro de Maranguape 1.


Feira comercializa artesanato e culinária afro em Olinda

A Feira Cultural Jeito Xambá de Ser irá movimentar a Praça Maxambomba, no Carmo, em Olinda, como item da Semana da Consciência Negra. O público que visitar o local nesta sexta-feira (23.11), à tarde, terá condições de adquirir peças de artesanato e saborear a culinária afro com preços populares.
    No local também será montada uma estrutura para oferecer atendimento gratuitamente de terapias integrativas. O procedimento contará com a participação de uma fisioterapeuta e uma terapeuta holística. A profissional prestará sessões de auriculoterapia e ventosaterapia.

Foto: Alice Mafra

Escola Sagrado Coração de Jesus recebe apresentações em alusão à Consciência Negra

Vinte de novembro é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra, mas todo dia é dia. Nessa quarta-feira (21), três apresentações do grupo Ifá-Rhadá de Art’negra – o espetáculo “negro sim, por que não?”, “Africanidades” e “Coco da Imbiriba ato: poesia e canto solano trindade” – chamaram a atenção de quase 150 alunos, do sexto ao nono ano, da Escola Sagrado Coração de Jesus.
Foto: Sandro Barros/ PMO

A instituição de ensino possui projetos voltados para a fortalecer a Lei 2639, que visa combater o racismo na escola. Isso chamou a atenção do Ifá, que procurou a Sagrado Coração de Jesus para realizar essa ação.
“Eles já desenvolvem projetos dentro de comunidades, em áreas periféricas do município. Nossos professores também trabalham a temática há muito tempo. É importante ações desse tipo para lutar contra a desigualdade e igualdade de oportunidades”, afirmou Maria Mazarelo Lima, da equipe gestora da escola.

Saiba os riscos da automedicação à saúde

Quando surgem dores e outros sintomas as pessoas costumam buscar a internet para saber ou fazer para sanar o problema. A maior consequência disso é a automedicação, que acaba deixando o indivíduo propenso a ter problemas mais sérios.
As dores de cabeça, estômago, azias, diarreia, febre, outras dores e mal-estar. Sintomas como estes é uma forma do corpo avisar que não está funcionando bem e que tem algum problema. Com isso, as pessoas acabam se automedicando em função de sanar a dor, mas apenas os médicos podem realizar o diagnóstico certo para cada paciente, pois precisam indicar qual o medicamento correto e a dosagem correta. Muitas vezes um sintoma é causado por problemas que não tem nada a ver com o esperado, por isso, a necessidade de consultar um médico, pois além dos exames que podem ser feitos, eles têm conhecimento sobre as possíveis causas da doença.

Automedicar-se traz riscos à saúde, pois a ingestão de substâncias de forma inadequada podem causar reações como dependência, intoxicação e até a morte. A receita médica é a única garantia de que houve uma avaliação profissional para que determinado paciente utilizasse o medicamento. Além dessas consequências, o ato pode agravar o quadro de algumas doenças.

Conferência Municipal atrai crianças e adolescentes para discussão de políticas públicas

A 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente reuniu nesta quarta-feira (21.11) várias crianças e adolescentes da cidade para discutir as políticas públicas do segmento. Com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Entretenimento das Violências” e trazendo uma série de palestras para os presentes, a conferência ainda contou com grupos de debates que tiveram como base as respostas-propostas construídas pelas crianças e adolescentes presentes na 7ª Plenária Jovem.


A jovem Kelly Bianca marcou presença e fez sua voz ecoar pelo evento e espera que as propostas elaboradas sigam adiante. “É muito importante vir aqui, ser ouvida e ouvir. Juntos debatemos várias coisas que afetam nosso dia a dia, e acima de tudo, falamos sobre nossos direitos, como criança e adolescente”, disse. 
O juiz da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Paulista, Dr. Ricardo de Sá Leitão destacou os responsáveis por manter as crianças e os adolescentes em segurança. “A responsabilidade pelas crianças é dos pais, da sociedade e do estado. A partir do momento em que não estamos preparados para atende-los , nós estamos submetendo essa criança a pior violência, que é a violência daqueles que deviam protege-la”, completou.