Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Técnicos do Criança Feliz fazem capacitação para atender famílias assistidas pelo Programa

Os agentes do Programa Crianças Feliz participaram de uma formação em busca de aprender e se desenvolver mais para que o atendimento ao público seja cada vez mais aprimorado. A formação, dividida em três módulos, abordou o tema “Marcos do desenvolvimento fetal, uma perspectiva do cotidiano da visita domiciliar do Programa Criança Feliz” em seu primeiro encontro.

O curso é realizado pela UNINABUCO e ministrado pela psicóloga, professora e especialista em ciência da educação, Fernanita Martins, que trabalhou a temática de forma didática, sempre incentivando a participação de todos. Ela também abordou temas como doença psicossomáticas, que são doenças onde a emoção retida é liberada pelo corpo através de enfermidades  como gastrite, infarto e até a depressão.
Segundo Fernanita, o objetivo do curso é auxiliar os técnicos do Criança Feliz a estreitarem os laços com as famílias atendidas. “Esse curso trabalha a questão da afetividade. Aqui buscamos desenvolver mais a empatia nesses profissionais, para eles se colocarem no lugar dessa família e fazerem um trabalho com mais qualidade. Esse grupo que está aqui busca se qualificar e aprimorar mais a função deles, que precisam criar um vínculo entre a família e o Programa”, frisou.
A coordenadora do Criança Feliz, Ana Carla Paz, explicou o curso. “Em parceria com a UNINABUCO nós estamos fazendo um curso de três módulos de desenvolvimento infantil, voltado para as visitas domiciliares do Criança Feliz, que cuida da primeira infância pelo Sistema Único de Assistência Social”, pontuou.
O secretário de Políticas Sociais e Esportes do Paulista, Augusto Costa, destacou a importância desta iniciativa. “Um grande momento esse de capacitação dos nosso agentes que precisam ser formados e capacitados para atender cada vez melhor essas famílias”, disse.

Paulista é referência para o Município de Bom Conselho através dos programas Remédio em Casa e Olhar Paulista



Paulista continua sendo espelho para outros municípios a partir de programas que estão dando certo na cidade. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde esteve reunida com representantes da Prefeitura de Bom Conselho para trocar informações sobre a implantação exitosa dos programas Remédio em Casa e Olhar Paulista. O encontro aconteceu na sede da Secretaria Municipal, localizada em Maranguape I. 

Na cidade do Paulista, o Programa Remédio em casa foi implantado em 2016 e hoje atende cerca de  nove mil pessoas fazendo a entrega de medicamentos de uso contínuo em domicílio. Já o Olhar Paulista está na cidade há três anos e contempla estudantes de 6 a 12 anos de idade da rede municipal oferecendo exames oftalmológicos e óculos gratuitos. Oitocentos e cinquenta e nove alunos já foram contemplados. 

O diretor de Planejamento, Regulação, Controle e Auditoria de Bom Conselho, Thiago Porfirio, falou sobre a oportunidade de conhecer melhor os programas. “Ficamos animados e estamos aqui para conhecer de perto algo que está dando certo no Paulista e que vai trazer benefícios para a nossa população. Também aproveitamos para visitar o Centro de Abastecimento Farmacêutico (CAF) aqui da cidade e ficamos sabendo como tudo funciona, desde o fluxo, até a saída e chegada dos medicamentos na casa dos pacientes. Queremos ver detalhadamente como tudo ocorre para implantarmos também esse sistema no nosso município”, disse Thiago. 

Fabiana Bernart, secretária de Saúde do Paulista, destacou a importância da troca de experiências. “ Diante da dificuldade que o SUS enfrenta, essas trocas de experiências com outros lugares aparecem como uma forma de driblar esse contratempo. O programa Remédio em Casa atende hoje aqui em Paulista três mil pessoas por mês e entendemos que, em um município menor, como Bom Conselho, esse impacto será muito maior, em economia, em gestão de insumos e também em qualidade de assistência ao paciente”, explicou.

O Prefeito do Paulista, Junior Matuto falou o quanto é gratificante para o município ver essas experiências exitosas se tornando referências para outras pessoas. “Esse momento também serve como lição para nós, para que possamos nos espelhar em programas de outros municípios. A troca de experiências faz com que o nosso trabalho para com a população seja mais eficiente, por isso estamos sempre buscando nos aperfeiçoar através de seminários, congressos, na certeza de que, a partir dessas trocas, nossa população é quem sai ganhando”, ressaltou.&n