Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista registra saldo positivo durante folia de Carnaval


A folia de Momo no Paulista teve um saldo positivo, principalmente, nos quesitos segurança, saúde, mobilidade e limpeza urbana. Este resultado do carnaval 2019, registrado pela prefeitura, é baseado no número de foliões, nos atendimentos dos serviços oferecidos e principalmente pela tranquilidade nos desfiles dos blocos, sem registro de ocorrência grave.
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura do Paulista, Fabiano Mendonça, este resultado se deu graças a um planejamento bem executado por uma ação integrada, envolvendo várias secretarias e o gabinete do prefeito.
“A festa transcorreu com muita tranquilidade para às milhares de pessoas que prestigiaram a animação em cada canto da cidade. Nosso carnaval superou expectativas, principalmente em quantidade de brincantes, já que os blocos também atraíram muita gente de outros municípios”, informou o gestor.
De acordo com a gestão municipal, 450 mil foliões participaram das mais de 160 agremiações carnavalescas que desfilaram pela cidade. O destaque ficou por conta dos blocos que conseguiram atrair maior público, a exemplo do Cavalo Branco, em Maranguape II, e o Bacalhau na Vara, de Paratibe, que juntos arrastaram mais de 190 mil pessoas.
O prefeito do Paulista, Junior Matuto, ressaltou que a folia de Momo do município foi um sucesso. “Por mais um ano, fizemos um Carnaval de muita alegria e tranquilidade. Nossa prioridade foi valorizar os artistas locais, fortalecer os blocos de rua, garantindo uma folia descentralizada, onde o público teve a oportunidade de brincar com segurança e perto de casa,” finalizou o prefeito.  
SEGURANÇA
Para garantir tranquilidade de quem pulou o carnaval no Paulista, a Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil do município montou, junto com a Polícia Militar, um esquema de segurança envolvendo o efetivo da Guarda Municipal e da PM, por meio do Centro Integrado de Segurança (CIS). Ao todo, 224 homens atuaram nos cinco dias de Carnaval na cidade.
A estratégia contou ainda com as 16 câmeras de videomonitoramento do município, que foram instaladas em pontos estratégicos na cidade. Isso sem falar da unidade móvel do Programa “Crack, é Possível Vencer”, que foi usada para flagrar delitos durante a concentração e no percurso das agremiações.
De acordo com o setor de Estatísticas do 17º BPM, 12 ocorrências foram registradas da sexta (1º) até a Quarta-feira de Cinzas (06.03). Todas foram consideradas de perturbação do sossego pela PM. Os casos foram relatados por moradores que se queixavam de som alto. A PM informou que todas as situações foram resolvidas sem pelos policiais que estavam no plantão.
SAÚDE
Pensando na prevenção e no cuidado com a saúde dos foliões, a Secretaria Municipal de Saúde prestou apoio aos blocos carnavalescos, com ambulâncias de suporte de atendimento às emergências; suporte SAMU; atendimento às urgências na Prontoclínica Torres Galvão; distribuição de preservativos com orientação à população; além de outros serviços à população.
Ao todo, 14 ocorrências foram atendidas pelas equipes da Saúde, em casos como hipoglicemia, embriagues ou cortes. As unidades móveis do município ainda realizaram a remoção de quatro foliões, sendo três para a Prontoclínica Torres Galvão (PTG) e um para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).      
A população ainda contou com os serviços do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). Ao todo, 37 mil preservativos foram distribuídos durante o desfile do Cavalo Branco e do Bacalhau na Vara. Com o apoio da unidade móvel, a equipe conseguiu realizar 83 exames de HIV e Sífilis.