Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Ceia e lava-pés marcam celebrações da Páscoa nas unidades da Funase

Atividades com música, dança e teatro protagonizadas por socioeducandos trabalharam valores como respeito e humildade
Trabalho coletivo, respeito, humildade e outros valores importantes do processo de socioeducação estão sendo vivenciados por adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) durante as celebrações da Páscoa. Nesta semana, unidades da instituição situadas em todo o Estado promoveram eventos alusivos à data, fazendo dos socioeducandos protagonistas de atividades com música, teatro, dança e de cunho religioso. A programação segue até domingo (21) e conta com a participação de familiares dos jovens e de profissionais que lidam diretamente com o atendimento deles, como técnicos e agentes socioeducativos.
Na Casa de Semiliberdade (Casem) Areias, no Recife, o espaço das ações festivas foi decorado para receber a encenação da Última Ceia. Funcionários e socioeducandos se revezaram na interpretação dos papéis. O mesmo momento de comunhão, acompanhado de lava-pés e de apresentação de um coral de adolescentes, ocorreu no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Cabo de Santo Agostinho. Lá, ainda houve distribuição de kits de Páscoa. Adolescentes da unidade ao lado, o Case Pirapama, também ganharam brindes. No Case Caruaru, o momento de integração e entrega de presentes aos socioeducandos ocorreu nos alojamentos.
Nas três unidades destinadas ao público feminino, também houve muitas atividades. No Case Santa Luzia, as socioeducandas se reuniram em uma roda para comunhão, louvores e apresentações culturais. Na Casem Santa Luzia, o estímulo à humildade foi retratado no lava-pés entre um agente socioeducativo e uma adolescente. Já no Centro de Internação Provisória (Cenip) Santa Luzia, as socioeducandas apresentaram produções textuais, entre elas, um rap autoral trabalhado em sala de aula a partir da música “Meu Guri”, de Chico Buarque. A festa fez referência ao tema da Campanha da Fraternidade 2019 – “Fraternidade e políticas públicas”.