Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

LBV promove ação no combate à violência às mulheres

A ação reflexiva na LBV, buscou abordar temas como os tipos de violência contra a mulher, a Lei Maria da Penha e a rede de atendimento
Pernambuco ocupa o sétimo lugar entre os estados com o maior número de assassinatos de mulheres e o quarto lugar no ranking das unidades federativas que mais tiveram casos de feminicídios em 2018.
Três em cada dez assassinatos de mulheres registrados no Estado, em 2018, foram motivados por questões de gênero. O número total de homicídios de mulheres registrados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) é de 228 e, desses, 75 foram considerados feminicídios, o que equivale a 32,9% dos casos. Os feminicídios são os casos de mulheres mortas em crimes de ódio motivados pela condição de gênero, como aqueles em que as vítimas são assassinadas pelo companheiro.
Para falar sobre este importante tema, a Legião da Boa Vontade (LBV) recebeu na última segunda-feira, 29 de abril, em sensibilização ao Dia Nacional da Mulher, celebrado em 30 de abril, a Doutora em psicanálise, educação e saúde mental, Claudeny Spinelli, para uma ação reflexiva às famílias atendidas nos programas socioeducacionais na capital pernambucana.
A iniciativa buscou abordar temas como os tipos de violência contra a mulher, a Lei Maria da Penha, a rede de atendimento, estatísticas do feminicídio, além de vários outros assuntos.
No Encontro de Famílias, a Dra Claudeny, iniciou o bate-papo, o que é violência doméstica: