Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Camará Shopping recebe projeto Geladeira Cultural

O Camará Shopping firmou parceria com o Sesc em Pernambuco para levar o projeto Geladeira Cultural para o centro de compras. A partir desta sexta-feira (dia 11), o Piso L2 do Camará abriga uma iniciativa que transforma eletrodomésticos que seriam descartados no lixo em minibibliotecas. “A geladeira foi grafitada por um artista local e ficará recheada de exemplares de livros para incentivar a leitura”, afirma a gerente de Marketing do Camará Shopping, Peggy Corte Real.

Dentro da geladeira, o público vai poder encontrar obras diversas, de literatura infantil a livros de economia e política. “Os clientes vão poder pegar os exemplares e trazer outros para repor. Uma troca para incentivar a cultura e a cooperação com a comunidade”, explica Peggy. O acesso aos livros é gratuito.

A Geladeira Cultural pode ser encontrada no Piso L2 do Camará Shopping, ao lado das operações da Policoisas e Mr. Mix. No local, o público vai ter acesso ainda a atividades como contação de histórias durante as sextas-feiras de janeiro, sempre a partir das 17h. A Geladeira ancora as atrações de férias do Camará Shopping, que vão contar com oficina de cupcakes e slimes, cine10D, roller board e pista de patinação no gelo, entre outras atividades.



Programação
Contação de Histórias – Geladeira Cultural

Dia 11/01 – Roma Júlia
A contadora traz narrações de tradição oral africana e afro-brasileira, além de obras sobre manifestações populares de Pernambuco. O encontro narrativo é recheado de músicas e ritmos que têm origem nos sons percussivos de nossos antepassados, gerando um mergulho na cultura popular do Estado. 

Dia 18/01 – Mônica Xavier 
A contadora de histórias Mônica Xavier e o violonista Linaldo Viola apresentam “Histórias, brincadeiras e encantos do nosso povo”. A  contação de histórias traz brincadeiras populares com foco no público infantil, incentivando o hábito da leitura e o desenvolvendo do imaginário infantil.

Dia 25/01 – Vinicius Viramundos
Vinícius Viramundos tem na bagagem um rico percurso pelo caminho da oralidade, das lendas, das histórias, das tradições; uma trajetória percorrida em contato com a música e uma vasta experiência com mediação de leitura em bibliotecas comunitárias.

Lei da Busca Ativa tenta acelerar formação de famílias adotivas

Projeto de “Busca ativa” regulamenta a veiculação, na TV e na internet, de imagens e de histórias de crianças e adolescentes abrigados no país, que aguardam por uma família adotiva.

Há muito se discute o princípio dos laços da paternidade. Para alguns, seria o primeiro chute na barriga da mãe, a primeira ultrassonagrafia ou quando uma pequena mão envolve o dedo de um pai, o momento em que um elo de afeto e cuidado se fecha e alguém, de fato, se torna pai ou mãe. Pouco comum, essa ligação pode se fechar também por meio de uma tela de computador. Imagine conectar-se a seu filho, até então desconhecido, à distância, num campo de futebol ou por meio de um vídeo na internet, e, a partir dali, não ver-se mais sem ele? Foi assim para Dreide; E também para Alisson; O mesmo para Fátima, Meirele... Num anúncio de Facebook, viram imagens de seus filhos, apaixonaram-se e, meses depois, os receberam em casa, adotados. O roteiro, ainda incomum, se faz diário numa iniciativa pernambucana de incentivo à adoção por meio da “Busca ativa”, cuja premissa agora foi apresentada a todo o país, por meio do Projeto de Lei 11.248/2018, apresentado nesta quinta-feira (20), na Câmara dos Deputados, em Brasília.


Aprimoramento do ato criativo é foco do “Workshop de criatividade com interpretação artística” do multiartista Carlos Vasconcelos

Um olhar criativo para todos é proposta de “Workshop de criatividade” do multiartista Carlos Vasconcelos, a ser iniciada com uma turma na próxima terça (dia 15), e que se volta à expansão do ato criativo a partir da interpretação artística. Utilizando a pintura sobre papel como ferramenta do processo de arte, o irrequieto fotógrafo, escultor, desenhista e diretor de arte e de criação lançará ainda mão de músicas, textos literários e vídeos como fios condutores deste desenvolvimento. Para tanto, serão trabalhados formação de conceitos de forma, estilo e composição e organização espacial, além da criação de um catálogo de cores, química e percepção da cor. Perspectivas que o multiartista acredita ajudar na concepção de um novo olhar criativo e uma mentalidade ágil na produção da arte e de ideias nos diferentes campos de trabalho que se usam da arte como matriz. “A intenção é que os participantes possam explorar novas possibilidades de desenvolvimento criativo, pois experimentos e pesquisas são coisas fundamentais na evolução do processo artísticos. Mas, muitas vezes, a primeira ideia é a melhor solução, afinal, ela enfatiza um conceito que está já inserido em nossa mente”, diz Carlos, que vem envolvendo essa metodologia em cursos pelo Nordeste.